Inscrições para a 35ª edição da Oficina de Música de Curitiba acontecem até o dia 10

Por Alessandra Rosa Stahsefski, Giulia Gaio e Juliane Fürbringer*

Nesta segunda-feira (13), foi realizada a reunião para a confirmação oficial da 35ª edição da Oficina de Música de Curitiba, evento tradicional na cidade, com repercussão nacional. As inscrições online estão abertas até o dia 10 de dezembro. O evento será realizado entre 27 de janeiro e 8 de fevereiro de 2018, tendo como sede principal a PUC (Pontifícia Universidade Católica do Paraná).

A realização da Oficina é um evento promovido pela prefeitura com o apoio do ICAC (Instituto Curitiba de Arte e Cultura) e da Fundação Cultural de Curitiba. Além disso, esta edição contará com a parceria da Caixa, da Itaipu Binacional e da UNESPAR (Universidade Estadual do Paraná), que ficará responsável por emitir os certificados de extensão para os participantes das oficinas.

A Oficina é um dos principais eventos de formação cultural no país justamente por ter sido pioneira nesse ramo, afirmou Marino Galvão Jr., diretor-executivo do ICAC. Além disso, o diretor relatou o reconhecimento cultural que o evento gera na cidade justamente por se manter há mais de 30 anos. As oficinas serão direcionadas, principalmente, aos estudantes de música e oferece grande oportunidades de conhecimento nessa área, além do contato com professores reconhecidos nesse ramo. A próxima edição terá algumas novidades como cursos simultâneos entre música erudita e popular brasileira, projetados para proporcionar uma sinergia maior entre os alunos e músicos de ambos os estilos musicais. A programação conta com nomes nacionais e internacionais da música.  Continuar lendo

Anúncios

Mostra de filmes promove cultura japonesa em Curitiba

Reportagem: Rhuan Iasino
Pauta: Deborah Deluchi
Edição: Leonardo Batistão

Entre os dias 31 de outubro e 3 de novembro, foi promovida uma mostra de filmes japoneses em Curitiba, em comemoração ao mês da cultura japonesa. O evento, que ocorreu na Cinemateca e foi promovido pelo Consulado Geral do Japão, em parceria com a Fundação Japão, exibiu obras inéditas no Brasil, com áudio original e legendas em português. Um dos títulos de destaque na programação foi a comédia “Key of Life”, do diretor japonês Kenji Uchida. O filme ganhou a estatueta na categoria de roteiro do Japan Academy Prize de 2012.

Segundo o vice-cônsul do Japão, Yuma Kobayashi, o objetivo do evento era divulgar a cultura japonesa moderna. “Queremos divulgar a cultura japonesa, não somente as tradicionais e já conhecidas, mas também as modernas”, disse Kobayashi, que também é chefe do setor cultural do consulado. Ele ainda afirmou que a cidade de Curitiba possui um ambiente favorável a cultura nipônica, devido a grande comunidade japonesa local.

Além da mostra de filmes, outros eventos também são realizados pelo Consulado Geral do Japão em Curitiba para promover a cultura na cidade. Um deles é o Haru Matsuri, evento anual que ocorre sempre no mês setembro para comemorar o início da primavera. No festival, são realizadas exposições japonesas em estandes, apresentações musicais e folclóricas, além do comércio de comidas e bebidas típicas da nação oriental. Mais informações sobre as iniciativas podem ser consultadas clicando aqui.

Exposição “Te empresto meus olhos” traz fotografias em braile e 3D para pessoas com deficiência visual

Por Kaissa Frade, Gabriela Paim e Nathaly Iara

Desde 21 de outubro, está em cartaz a exposição “Te empresto meus olhos”, na BPP (Biblioteca Pública do Paraná), como parte do Circuito da Bienal Internacional de Curitiba. Organizada pela fotógrafa Juliana Stein, a mostra exibe o trabalho dos participantes da “Oficina de Fotografia para Pessoas com Deficiência Visual”, voltada para deficientes visuais parciais ou totais, promovida pela Seção Braille da BPP.

As fotografias realizadas pelos alunos Adriana Barbosa, Isabel Bruck, Antônio Nunes, Anastacio Braga e Wagner Bittencourt são exibidas em braile e 3D. Além disso, são projetadas imagens dos bastidores das atividades, permitindo que os visitantes entendam o processo artístico das composições. Para participar do grupo, não é necessário possuir equipamento fotográfico, apenas um celular com câmera.

Alguns dos alunos da oficina e também expositores: Wagner, Isabel, Adriana, Antônio e Juliana Stein, fotógrafa no canto direito (Foto: Acervo da Biblioteca Pública do Paraná, julho 2017)

A ministrante da oficina Juliana Stein ressalta o trabalho desenvolvido há três anos. “Para enxergar, pode-se ir muito além da visão biológica, utilizando os próprios sentidos como aliados. As oficinas têm sido marcadas por riquíssimas trocas de ideias e experiências entre os participantes do grupo”, conta. Formada em Psicologia pela UFPR (Universidade Federal do Paraná), Stein trabalha com fotografia desde o final dos anos 90 e seu trabalho já foi exibido em diversas exposições no Brasil e no exterior.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20h, e aos sábados até as 13h. A mostra estará em cartaz até 30 de dezembro de 2017.

SERVIÇO
Exposição “Te empresto meus olhos”
Local: Hall térreo da Biblioteca Pública do Paraná (BPP) – Rua Cândido Lopes, 133, Centro — Curitiba, Paraná.
Período: 21 de outubro a 30 de dezembro
Horário: Segunda a sexta, das 08:30h às 20:00h | Sábados, das 8:30h às 13h
Entrada: Gratuita
Mais informações: (41) 3221-4917

 

 

 

 

Filme paranaense “TENTEI” recebe prêmio em festival nacional de Brasília

Por Amanda Correia, Ketlyn Nicole e Maria Beatriz Azzi

Setembro foi um mês especial para o cinema Paranaense. “TENTEI”, filme criado e dirigido no Paraná por Laís Melo, foi um dos 12 finalistas entre 608 produções inscritas para competir na 50ª edição Festival de Brasília do Cinema Nacional. A obra, que aborda a violência contra a mulher, foi premiada em três categorias da mostra competitiva de curtas nacionais: Melhor Filme; Melhor Fotografia (Renata Correa); e Melhor Atriz (Patricia Saravy). Pela relevância do tema abordado, a PartidA (movimento feminista iniciado em 2015), promoveu um CineDebate, no dia 20 de outubro, no estúdio Delirio, onde o filme foi exibido ao público curitibano pela primeira vez.

O evento que contou com cerca de 80 pessoas e realizou um debate após a exibição do curta. Estiveram presentes a diretora Laís Melo, a atriz premiada Patrícia Saravy e a jornalista e estudante de Direito Vanessa Fogaça Prateano, fundadora do Coletivo de Jornalistas Feministas Nísia Floresta e pesquisadora de violência contra a mulher no Núcleo de Criminologia e Política Criminal do curso de pós-graduação em Direito da UFPR (Universidade Federal do Paraná).  Continuar lendo

Alunos da UTFPR realizam evento cultural para crianças da Vila Pantanal

Reportagem: Júlia Duda
Pauta: Jéssica Guimarães
Edição: Sara Takatsuki

No dia 21 de outubro, ocorreu na CEU (Casa do Estudante Universitário), em Curitiba, a “Tarde da Pantalegria”, organizado pelos alunos do 5º período do curso de Comorg (Comunicação Organizacional) da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). Nessa tarde, foram realizadas peças de teatro e atividades recreativas para 40 crianças da Vila Pantanal, localizada no bairro Alto Boqueirão, periferia curitibana.

Esse evento faz parte de um projeto da disciplina de Elaboração e Gestão de Projetos do curso de Comorg. “A turma inteira realizou o projeto, que foi dividido em vários setores de trabalho até chegar a execução”, declarou a estudante Maíra Cabral, aluna do 5º período e uma das organizadoras. Ainda segundo a estudante, por meio desse projeto foi possível retribuir de alguma forma à sociedade todo o conhecimento que os estudantes vêm adquirindo no curso. Igor Pagliuso, também participante do evento e aluno de Comorg, afirmou que “a possibilidade de proporcionar algumas horas de felicidade para essas crianças que não tem isso todos os dias foi muito prazeroso”.

As crianças que participaram do evento são provenientes do projeto “Resgate”, desenvolvido na própria vila em que moram. Muitas delas nunca haviam tido contato com teatro e, por isso, foi possível proporcionar uma experiência inédita a elas com essa iniciativa.  

pantalegria

Peça de teatro estrelada por estudantes do Colégio Estadual do Paraná apresentada para as crianças (Foto: Maíra Cabral)

BPP comemorou Semana Nacional do Livro e da Biblioteca com Festa Literária

Reportagem: Leonardo Batistão
Pauta: Rhuan Iasino
Edição: Deborah Deluchi

Durante a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, comemorada sempre entre os dias 23 e 29 deste mês, foi realizada, em Curitiba, a 1ª edição da FLIBI (Festa literária da Biblioteca Pública do Paraná). Entre os dias 23 e 28 de outubro de 2017, o público contou com uma programação repleta de atrações culturais gratuitas na BPP (Biblioteca Pública do Paraná).

De acordo com o jornalista, escritor e curador da FLIBI, Marcio Renato dos Santos (43), que atua desde 2012 na divisão de Difusão de Cultura da Biblioteca Pública, a ideia do evento partiu do diretor da BPP, Rogério Pereira. O objetivo era de intensificar a programação habitual em decorrência da semana nacional e com base na necessidade da população em dispor de um local de livre acesso ao lazer e as diferentes formas de manifestação cultural.

urubu karam bpp

Cia de Teatro Urubu homenageia Karam na BPP

A equipe da curadoria trouxe para a primeira edição da FLIBI um olhar voltado à valorização de autores e de obras paranaenses, como também daqueles que fizeram carreira no estado do Paraná. O principal homenageado desta edição foi o jornalista, dramaturgo e escritor catarinense Manoel Carlos Karam (1947- 2007), que viveu por anos em território paranaense até sua morte, que neste ano de 2017 completa uma década. Na programação, mais de 20 escritores participaram de palestras, rodas de conversa e lançamentos de livros. Houve também exposições fotográficas, apresentações musicais e a participação da companhia de teatro do Urubu.  Continuar lendo

Curitiba recebeu evento de cultura nerd

Repórter: Deborah Deluchi
Pauta: Leonardo Batistão
Editor: Rhuan Iasino

Nos dias 7 e 8 de outubro, ocorreu a 20ª edição do Shinobi Spirit, evento semestral que traz atrações e novidades dos “universos Nerd e Geek” para os cidadãos de Curitiba, na sede do Paraná Clube. O evento contou com a participação de personalidades nacionais e internacionais, incluindo youtubers, dubladores, humoristas e jogadores profissionais de jogos online. No sábado (7), o francês Hugo Padioleau, mais conhecido pelos fãs como Dioud, jogador profissional de League of Legends, foi uma das atrações.

O evento foi criado em 2009, por Karyna Lamy e Rogério Ramos, para atender a um público crescente que tem interesse nessa temática, que engloba animes, mangás, jogos, desenhos animados e cultura japonesa. Mais de 20 mil pessoas comparecem a cada edição do evento. “Jogo RPG, faço Matsuri Dance, curto anime, gosto de Cosplay, é um ambiente que eu gosto de participar”, conta um dos apresentadores do Shinobi Spirit, Leandro Suzuki. Leandro faz parte da equipe organizadora do evento e, com Michelle Roque, cuida das apresentações no palco principal em todas as edições, convidando os participantes a subirem ao palco, além de interagir com a plateia.   Continuar lendo

Cinema de Curitiba recebe festival universitário “Metrô”

Reportagem: Amanda Correia
Pauta: Maria Beatriz Azzi
Edição: Ketlyn Nicole

Na próxima quarta-feira (11), às 16h30, terá início o Metrô – Festival do Cinema Universitário Brasileiro, na Cinemateca de Curitiba. O evento tem como objetivo ocupar a lacuna deixada pelo PUTZ, antigo festival universitário de cinema e vídeo, realizado em Curitiba até 2010. Com cinco dias de duração, o novo festival terá, entre as suas atrações, a reprodução de filmes de até 30 minutos, produzidos por estudantes de nível superior ou de cursos livres de cinema de todo o país. Além de debates e oficinas sobre temas diversos, o festival promoverá a sessão Estação Retrospectiva, com a exibição de um filme do acervo da Cinemateca de Curitiba.

Segundo o site do evento, para estimular a participação de todo o país, os organizadores criaram a hospedagem solidária, para que estudantes das faculdades curitibanas  possam ofertar um espaço em suas residências para os estudantes provenientes de outras universidades que participarão do evento. O evento será realizado na Cinemateca de Curitiba, localizada na rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174, bairro São Francisco. As produções não possuem censura de faixa etária e terão entrada gratuita. Os ingressos podem ser retirados nas bilheterias da Cinemateca antes do início das sessões. Para obter mais informações, acesse https://metrouniversitario.wordpress.com/.

Olhar oportunidades

#PERFIL

Por Thiago Viana

Todo mercado de trabalho é competitivo. No momento em que o país passa pela sua maior recessão desde 1930, as oportunidades ficam ainda mais escassas e, além de procurar cada vez mais capacitação para aquilo que você se propõe a fazer, é preciso criar também as suas oportunidades. Este é o pensamento do repórter do TV Fama, Fa Marianno.

Fa Marianno 4

Radialista, jornalista e animador de TV, ele nasceu em Belém do Pará e há alguns meses fixou residência no Rio de Janeiro cobrindo o mundo das celebridades. Aos 31 anos recém-completados, Fa conta que muita água passou por baixo de sua ponte antes de chegar à sua realização profissional. “Comecei escrevendo uma coluna sobre a noite de Belém em um site local, acabei ficando conhecido na cidade, apresentando eventos, até que resolvi escrever um blog sobre os bastidores da TV em 2012. Em 5 anos, já são mais 3,3 milhões de visualizações no Brasil e em outros países.

As notícias publicadas no blog chamaram a atenção de autores e produtores de novelas, que começaram a pautar o blog na hora de divulgar as notícias sobre os próximos acontecimentos das produções. O reconhecimento e visibilidade do blog acabou abrindo portas e o conteúdo produzido para a internet foi parar no rádio. Em 2014, Fa foi convidado pela Jovem Pan Belém para um quadro semanal no programa Festa Pan, da Jovem Pan Belém. Mas havia uma barreira a ser quebrada. “Ainda em 2009, sendo um fisioterapeuta fazendo comunicação, eu me sentia um intruso na área e achava injusto continuar a atuar na área sem formação. Foi aí que procurei um curso técnico em reportagem para TV com extensão para web”, conta o comunicador, que após o trabalho na rádio finalmente conseguiu seu registro como jornalista.

Continuar lendo

Curta-documentário sobre ocupações estudantis é lançado na UTFPR

Por Vitor Ilha

Nesta quinta-feira (29), às 19 horas, no miniauditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), sede centro, ocorrerá a exibição do documentário “Primavera Secundarista”. O curta-metragem apresenta a ação estudantil ocorrida na universidade e no Colégio Estadual do Paraná em Curitiba no ano de 2016. A aluna Maíra Kaline (22), do curso de Comunicação Organizacional da UTFPR, foi a responsável pelo desenvolvimento deste documentário, e explica que a ideia de produzi-lo surgiu a partir do Grupo de Estudos e Pesquisas em Trabalho Educação e Tecnologia (GETET), onde a aluna faz iniciação científica.

Maíra conta que, na época das ocupações, quando já estava realizando registros sobre o mobilização estudantil no Colégio Estadual do Paraná, a UTFPR foi ocupada. Então, a aluna decidiu permanecer na universidade durante todo o processo a fim de realizar gravações a respeito da ocupação. “O processo de edição e finalização foi realizado por Renato Prospero, que nos apoiou em diversos projetos do GETET. Essa ajuda foi muito importante, pois ele conseguiu mexer num material que trazia muitas lembranças doloridas para mim, como as perseguições e ameaças que sofremos durante a ocupação”, comenta.

Divulgação – Facebook

Continuar lendo