UTFPR recebe exposição itinerante sobre Literatura Fantástica

Repórter: Rhuan Iasino
Pauta: Deborah Deluchi
Edição: Leonardo Batistão

O II Colóquio Fantástico Brasileiro foi realizado na UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) nesta terça (28) e quarta-feira (29) e ofereceu conferências, mesas-redondas e bate-papos sobre a literatura fantástica nacional, sob organização do professor Rogério Caetano de Almeida, do PPGEL (Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem) e do DALIC (Departamento de Linguagem e Comunicação). O evento é uma extensão da mostra itinerante “Fantástico Brasileiro: O Insólito Literário do Romantismo à Contemporaneidade”, que está em exposição até 12 de dezembro no pátio da UTFPR, sede centro.

Para Jope Leão Lobo, mestrando do PPGEL-UTFPR, participar do colóquio foi um bom aprendizado. Ele esteve presente no primeiro dia do debate e afirmou que a ideia apresentada por Bruno Matangrano, um dos responsáveis pela exposição, foi muito interessante. “Pensar que o Fantástico atualmente pode ser um movimento mudaria muito o meu olhar sobre este tipo de literatura”, disse o estudante. Sobre a exposição, Jope Lobo comentou que o ajudou a entender a fala dos palestrantes. “A mostra possui de certa forma o histórico dos autores fantásticos brasileiros, o que em minha opinião facilitou a compreensão”, completou ele.  Continuar lendo

Anúncios

Atlética de eSports da UTFPR está classificada para a final do TUES

Azure Jays representa o Paraná no evento nacional. Caso sagre-se campeã, representará o Brasil internacionalmente

Por Amanda Araújo, Douglas Rigamonte e Felipe Camargo*

No próximo sábado (02/12), serão realizadas as finais do 2º Split do TUES (Torneio Universitário de eSports) na arena de jogos digitais MAX5 (Mega Arena X5), na cidade de São Paulo. A equipe Azure Jays, organização estudantil da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), está classificada para a final da disputa da Liga Universitária de LOL (League Of Legends). Segundo os organizadores, o evento terá mais de 12 horas de duração em cinco modalidades diferentes e premiará as equipes vencedoras com uma viagem a Portugal para representar o país no Desafio Universitário Brasil-Portugal, que acontece dos dias 12 a 14 de janeiro, em 2018.

Para garantir o título nacional, a Azure Jays precisa superar a Storm, equipe finalista da UFABC (Universidade Federal do ABC). De acordo com Mateus Miqueletti, coach do time paranaense, a expectativa é alta e a preparação intensa. “Nós temos nos dedicado imensamente para esse momento, e como tivemos uma frustração no semestre passado, queremos nos provar agora e garantir essa vaga em Portugal para o desafio internacional”, afirma. A possibilidade de vencer o torneio é vista como a chance de marcar a história da atlética, que vem buscando este título pela segunda vez. Ainda segundo Mateus, a equipe é a primeira organização universitária de eSports do país, e com a vitória pode se tornar a melhor na categoria de LOL.  Continuar lendo

1° Encontro Cristão na UTFPR traz como tema a Prevenção ao Suicídio

Por Amanda Correia, Ketlyn Nicole e Maria Beatriz

Na última quinta-feira (23), a UTFPR (Universidade Tecnológica do Paraná) sediou o “1° Encontro Cristão na UTFPR”, organizado pela ABUB (Aliança Bíblica Universitária) e pelo grupo “UTFPR em Cristo”. Voltado aos alunos da instituição, mas aberto ao público, de qualquer crédulo religioso, o encontro contou com a presença da psicóloga Elisabeth Suguihara que ministrou um debate sobre a prevenção ao suicídio. Intitulada “Há razão para continuar”, a palestra abordou o suicídio, esse mal silencioso que, em muitos casos, pode ser prevenido se houver uma conversa sem tabu sobre o assunto.

IMG_4103

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 804 mil pessoas cometem suicídio todos os anos, sendo essa a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. No Brasil, esses índices cresceram entre 2011 e 2015. Dados como esses foram divulgados pela palestrante que, além disso, contou relatos de sua vida pessoal e profissional, destacando que apesar de pouco falado, esse tema sempre esteve presente e merece atenção da sociedade. Dar atenção e não tratar o problema como se fosse algo banal é a melhor forma de se dar auxílio a quem precisa, segundo a psicóloga.

Durante a palestra, foram citadas  formas de entender e ajudar pessoas que estão passando por situações depressivas e que podem levar ao suicídio. Para os organizadores, falar sobre isso na universidade é relevante porque o assunto não é tão divulgado e seu debate pode ajudar os jovens que passam por essa situação e tem vergonha de se expor.

O debate foi relevante para os alunos refletirem sobre sua importância e papel na universidade. Segundo a estudante Aliana Ribas (19), que participou do evento, a experiência foi motivadora. “A palestra trouxe a tona o sentimento de ser suficiente. Por vezes na universidade nos sentimos inferiores e incapazes, a palestra mostrou que isso não é real e cada um tem o seu tempo e que isso deve ser respeitado. Outro ponto levantado foi o de se conhecer e saber quem realmente você é!”, afirmou.

Avalanche faz parceria com Correios na campanha de Natal

Pauta: Rafaela Teixeira
Repórter: Thaiane Lago
Edição: Kauhany Souza

No último dia 22, a atlética Avalanche (Associação Atlética Acadêmica de Engenharia e Arquitetura), da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), campus Curitiba, anunciou mais um ano de parceria com os Correios para a campanha de natal “Papai Noel dos Correios 2017”. A Avalanche participa da campanha há mais de cinco anos e, em parceria com o NUEDH (Núcleo de Educação e Direitos Humanos), visa mobilizar a solidariedade na comunidade da UTFPR.

A campanha dos Correios, que acontece há 28 anos, é uma das principais ações natalinas do país tendo recebido  mais de 2,5 milhões de cartas endereçadas ao “Papai Noel” nos últimos três anos. O objetivo principal da ação é responder a essas cartas e atender ao maior número possível de pedidos, feitos por crianças da sociedade, estudantes da rede pública de ensino e instituições como abrigos, creches e orfanatos – parceria feita entre essas instituições e os Correios para incentivar a escrita e correto uso de endereço e CEP pelas crianças envolvidas.

De acordo com Anne Balbueno, membra da atlética, o objetivo da campanha é envolver a comunidade interna da universidade a favor de crianças mais carentes. “A Avalanche adotou, esse ano, uma escola (CMEI) de 140 alunos. O objetivo é conseguir distribuir a carta de cada uma dessas crianças entre alunos e servidores da UTFPR a fim de apadrinhá-los e atender ao pedido de natal dessas crianças”, informou a aluna.

Nas cartas escritas pelas crianças, há vários pedidos de presentes específicos – de maior e menor valor conforme orientação dos Correios às diretorias dos CMEIs, e o padrinho pode escolher atendê-los de acordo com sua disponibilidade. Para participar da Campanha Papai Noel dos Correios com a Avalanche, os interessados devem entrar em contato com os membros da diretoria da atlética por meio do Facebook oficial ou pessoalmente no PV (Ponto de Vendas) no pátio da UTFPR próximo ao RU (Restaurante Universitário) para apadrinhar uma cartinha. Os presentes precisam ser entregues embrulhados e com uma cartinha de resposta anexada, até o dia 08 de dezembro.

 

Alunos são convocados a participar de eleição para Diretor Geral

Eleição da UTFPR para Diretor Geral do campus Curitiba acontece hoje e conta com participação dos alunos

Reportagem: Juliane Fürbringer
Pauta: Alessandra Rosa Stahsefski
Edição: Giulia Gaio

Hoje (9/11), acontece na UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) a eleição da nova diretoria do Campus Curitiba, das 9h às 21h30 nas três sedes da cidade. O DCE (Diretório Central dos Estudantes) do campus convoca todos os estudantes a votarem para Diretor Geral. Para Luiz Fernando Rosa, presidente do DCE, ter sido conquistado o voto do aluno é de grande importância, entretanto, afirma que ainda existem diversos problemas em relação ao voto, como por exemplo, a paridade do peso dos votos e a participação mais ativa por parte dos estudantes na política e administração da UTFPR.

De acordo com o presidente do DCE, que é estudante de Letras Português/Inglês e Ativista do movimento Negro, ainda não são todos os alunos que entendem a importância de participar na votação. Infelizmente a UTFPR é dividida em dois grupos; o primeiro é composto por um grande grupo de alunos que vêem a Universidade como um espaço apenas para estudo e pesquisa, por conseguinte, eles esquecem da parte de extensão do ambiente acadêmico […]. O segundo grupo, que infelizmente é minoritário, é composto por estudantes que em sua maioria são mais engajados e/ou vinculados aos Centros Acadêmicos dos cursos da UTF”, afirma. Luiz Fernando Rosa complementou ainda que não prevê muita mudança na participação dos alunos para esta eleição. “Assim como na última, os alunos envolvidos serão os que fazem parte do grupo mais engajado”, disse.

A disputa conta com quatro candidatos professores: Christian do DAGEE- CT; o Prof Schiefler do DAMEC-ECO; Prof Nanci do DAMAT- CT; Kléber. O DCE organizou três debates com os candidatos, um no dia 27/10 na sede Ecoville e outro no dia 30/10 na sede Centro, que, segundo o DCE, contou com a presença de cerca de 90 alunos, além de servidores e professores. O terceiro e último debate foi realizado ontem (08/11), na sede Centro, e foi transmitido ao vivo pelo canal da UTFPR, no youtube.     

Sobre os debates, o presidente do DCE contou que os temas discutidos, como a mudança de sedes e ocupação do ecoville, surgiram a partir de um formulário disponibilizado na página do DCE do Facebook, e as questões mais recorrentes foram selecionados para o debate como perguntas obrigatórias. Comentou ainda que os candidatos Prof. Schiefler, Profa. Nanci e Prof. Christian entraram em contato com o diretório estudantil para saber quais as necessidades e demandas dos alunos.

Confira os principais pontos defendidos pelos candidatos:

 

 

SERVIÇO:
Eleição – Direção Campus Curitiba
09 de novembro de 2017 – 09h às 21h30
Sede Centro: Urnas estarão dispostas no mini ginásio (próximo à piscina);
Sede Ecoville: Urnas estarão dispostas na sala da administração – andar térreo;
Sede Neoville: Urnas estarão dispostas na sala de reuniões – entrada principal da sede.

Estudante de Comorg conquista primeiro lugar no Sicite 2017

Nayane-Professores

A estudante Nayane Cardoso, estudante de Comunicação Organizacional, é parabenizada por professores pelo prêmio recebido por sua pesquisa na UTFPR (Foto: Cristiano Sousa)

Por Cristiano Sousa*

A estudante Nayane Cardoso, do 7º período do curso de bacharelado em Comorg (Comunicação Organizacional) do Câmpus Curitiba, conquistou o prêmio de melhor apresentação oral na área de Ciências Sociais Aplicadas, dentre todos os campi da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). A premiação ocorreu durante o encerramento do XXII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR (Sicite 2017), realizado, neste ano, na cidade de Londrina, na região Norte do estado do Paraná.

Segundo Nayane, seu trabalho teve como objetivo analisar as páginas dos candidatos à Prefeitura de Curitiba, no Facebook, no primeiro turno das eleições de 2016, observando as estratégias usadas por cada político. “Os resultados preliminares da pesquisa indicaram perfis que nem sempre se adequam aos parâmetros da rede social em termos de visibilidade, ou seja, o uso apropriado da rede nem sempre coincide com o sucesso nas urnas”, concluiu, relacionando a escolha do tema à “mudança do modus operandi das campanhas eleitorais regionais, em decorrência da internet e das redes sociais”.

A pesquisa, orientada pela professora Edna Miola, foi desenvolvida por Nayane no âmbito do Grupo de Pesquisa Discurso, Comunicação e Democracia (Discord), onde a aluna é bolsista de Iniciação Científica. O grupo, vinculado ao CNPq e também coordenado pela professora Edna Miola, discute e investiga temas pertinentes à interface entre a Comunicação e a Política, com ênfase nos discursos que perpassam as estratégias de atores e organizações, voltadas para a prática democrática e que se utilizam das tecnologias da Comunicação.  Continuar lendo

Dalic coopera com Camerata UTFPR ao ceder espaços para os ensaios do grupo

Reportagem: Luciano Rizzi
Pauta: Emanuelle Soares

No dia 22 de setembro, o Grupo Camerata UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) se apresentou no pátio da sede centro da universidade, em comemoração aos 108 anos da instituição. Ela executou vários sucessos nacionais e internacionais com sons de diversos instrumentos clássicos, com boa recepção e grande identificação do público acadêmico da UTFPR. Toda a ação da Camerata foi coordenada pelo NUCCOM (Núcleo de Cultura e Comunicação), da universidade.

Além disso, a execução ressaltou a cooperação entre departamentos internos da instituição, uma vez que o grupo contou com a cessão de espaços do Dalic (Departamento Acadêmico de Linguagem e Comunicação) para os ensaios. O pedido foi feito pelo diretor do Campus Centro, Professor Romano, ao chefe do Dalic, professor Gustavo Nishida, que explicou como se deu a cooperação. “Como há muita carência de espaço na universidade, quando nós podemos ceder um espaço devemos fazer, e como o departamento estava com um espaço disponível, não havia motivo para não cedê-lo”, afirmou Nishida. 

O professor ressaltou ainda, que a contribuição para a comunidade acadêmica com espaços de ensaio da Camerata reforça a promoção da cultura no ambiente universitário, uma vez que o NUCCOM é responsável pelas atividades artístico-culturais da UTFPR. Segundo Ellen Carolina Ott,  coordenadora da Camerata, as atividades desenvolvidas em parceria com NUCCOM vão além da camerata. Incluem, ainda, a camerata só para adolecentes; o coral; o violino para adolescentes carentes; o violino para alunos especiais; o violino para crianças; o violino para alunos do ensino tecnológico e a dança contemporânea. As atividades desenvolvidas pelo núcleo são divulgadas por e-mail para alunos e servidores. Já para a comunidade externa, também abrangida pelo núcleo, a divulgação é feita através da relação interpessoal.

 

Empresa júnior de comunicação presta assessoria à #Tecnológica

Pauta: Felipe Camargo
Repórter: Douglas Rigamonte
Editora: Amanda Araújo

A Cacto Júnior Comunicação, empresa júnior de Comorg (Comunicação Organizacional) da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), prestou assessoria no planejamento da feira de cursos da universidade deste ano, intitulada #Tecnológica. O evento, organizado pela DIREC (Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias) junto ao DEPEX (Departamento de Extensão), foi realizado nesta terça-feira (17), das 8h30 às 21h, nas sedes Centro e Ecoville do Câmpus Curitiba, na UTFPR. A Cacto Jr., segundo os integrantes, forneceu apoio em todas as fases do planejamento, desde o pré ao pós evento, nas ações de comunicação.

De acordo com o professor Camilo Catto, orientador da EJ (Empresa Júnior) de Comorg, a #Tecnológica foi uma oportunidade para a Cacto Jr. mostrar seu potencial e assegurar a plena execução do evento, ainda com o pouco tempo de planejamento. “A Cacto assumiu uma grande responsabilidade com o evento. Ao mesmo tempo uma oportunidade para, com o pouco tempo que tem, mostrar o seu potencial. O maior desafio foi planejar e realizar um evento satisfatório.” afirma.

Segundo o presidente da empresa, Cristiano Sousa, aluno do 5° período de Comorg, a proposta da Cacto foi promover as vivências da comunidade universitária entre os alunos do ensino médio para além da mera divulgação dos cursos de graduação. “A DIREC vem apoiando nossa estratégia de trabalho, que tem gerado uma interação com os públicos de interesse superior às edições anteriores do evento”, afirma o estudante. Esta é a primeira EJ composta por discentes de Comorg a assessorar uma feira de cursos na universidade. Segundo Cristiano Sousa, a Cacto Jr. atua em atividades relacionadas a assessoria de imprensa; gerenciamento de redes sociais; ações promocionais; cobertura jornalística e fotográfica.

Crianças da Vila Pantanal recebem doações de universitários

Pauta: Allyson Berger
Repórter: Vivian Vieira 


Na tarde do último sábado (14), uma festa em comemoração ao Dia das Crianças foi realizada na periferia de Curitiba, com a participação da AAADEC (Associação Acadêmica Atlética de Design e Comunicação) da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), em parceria com o CADUT (Centro Acadêmico de Design). Durante o mês de setembro, estas entidades reuniram voluntários e arrecadaram doces, refrigerantes e outros alimentos, além de brinquedos – novos e usados – para as crianças atendidas pelo Projeto Resgate, da Vila Pantanal, localizada no Alto Boqueirão.

Mais de 25 voluntários participaram da ação. Eles foram divididos em grupos e organizaram diversas atividades, como pintura de rosto, dança das cadeiras, cama elástica e diversas outras brincadeiras. Todos os brinquedos arrecadados foram entregues às crianças presentes. Para o atual presidente da AAADEC, Igor Pagliuso, é importante vivenciar uma realidade como esta. “É algo que está muito perto de nós, mas acabamos não percebendo o quanto essas crianças precisam de um amparo e de um momento de  descontração”, comenta.

IMG_0034

Segundo Pagliuso, é gratificante para a atlética estar a frente de um projeto relevante. “Poder proporcionar um dia de alegria, de muitos sorrisos e ainda entregar os presentes para essas crianças, faz de nós, seja como pessoa ou como Atlética, extremamente feliz e realizado”, complementa. Os universitários receberam os agradecimentos pela festa e pelas doações na página do Projeto Resgate no Facebook. “Obrigada ao grupo de voluntários por estar sempre unido em um só propósito e agradecer a você que diretamente ou indiretamente fez da festa Vila Pantanal ser perfeito”, publicaram os coordenadores. Para conhecer o projeto, acesse a página no Facebook .

Projeto de extensão da UTFPR oferece aulas de Dança de Salão gratuitas

Pauta: Kauhany Souza
Repórter: Rafaela Teixeira
Editora: Thaiane Lago

Desde a última quinta-feira (5), o grupo de dança Links oferece aulas gratuitas de dança de salão para as comunidades interna e externa da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). Sob coordenação da professora Juliana Maria Greca, do NUCCOM (Núcleo de Cultura e Comunicação) do DEPEX (Departamento de Extensão) da universidade, as aulas serão às terças e quintas-feiras, das 19h às 20h30, ministradas pelo professor David Saboya, no LAPOC (Laboratório de Poéticas do Corpo), bloco V3.

Para Juliana Greca a dança não é somente entretenimento. “Quando falamos de arte, falamos de discutir comunicação, linguagem, sociedade, política, cultura, tecnologia entre tantos outros temas”, afirma. Segundo a coordenadora, a dança e a arte sensibilizam todos a perceberem o próprio corpo e aumentar as percepções. “De modo geral, percebemos quem somos, como somos, nossos registros físicos e emocionais, assim como percebemos o outro e suas manifestações”, explica. O professor David Saboya corrobora essa visão e afirma que a dança pode ser entendida sob diversas formas. Para ele, pode ser considerada uma terapia, um esporte ou até uma forma de socialização.

IMG-20171018-WA0009 (2)

Primeira aula gratuita ministrada pelo Grupo Links. (Foto: Juliana Greca)

Tanto David quanto Juliana acreditam que a universidade é um local de produção e troca de conhecimentos, e que o relacionamento entre as comunidades interna e externa é importante para o desenvolvimento de projetos que causem impacto positivo na sociedade. “A universidade não faz sentido se não for para produzir conhecimentos com o povo e para o povo”, afirma a coordenadora.

O grupo existe desde 2013 e foi criado para garantir uma unidade e identidade para as propostas de dança a serem desenvolvidas pela coordenadora na universidade, no início de sua carreira docente. O nome Links surgiu, de acordo com Juliana, para representar a conexão das três frentes de ação da universidade: ensino, pesquisa e extensão.