Comitiva de professores de Comorg da UnB abre diálogo sobre cooperação com a UTFPR

Comitiva da UnB, recepcionada por professores e estudantes de Comorg da UTFPR

Por Cristiano Sousa*

A Universidade de Brasília (UnB) é uma das mais conceituadas instituições de ensino superior do Brasil e pioneira na oferta do curso de bacharelado em Comunicação Organizacional, conhecido como Comorg. Do mesmo modo, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) se destaca na Região Sul, com o segundo curso de Comorg do País, ofertado pelo Câmpus Curitiba.

Nessa perspectiva, na última segunda-feira (4), uma comitiva da UnB fez uma visita ao curso de graduação em Comorg da UTFPR, vinculado ao Departamento Acadêmico de Linguagem e Comunicação (Dalic). Os visitantes conheceram o modelo pedagógico do curso e as ações de ensino, pesquisa e extensão promovidas pela Tecnológica.

O grupo foi recepcionado pelo pró-reitor de Graduação e Educação Profissional, professor Luis Maurício Martins de Resende, e pelo diretor-geral do Câmpus Curitiba, professor Cezar Augusto Romano, juntamente com o chefe do Dalic, professor Gustavo Nishida, a coordenadora do curso de Comorg da UTFPR, professora Elza Aparecida de Oliveira Filha, e outros docentes da área.

A professora Elza destacou a ideia de cooperação entre as duas universidades, por meio da mobilidade acadêmica e do alinhamento curricular de ambos os cursos, com expectativa de projetar a graduação em Comorg no âmbito nacional. “As probabilidades desse intercâmbio são interessantes para ambas as instituições, permitindo ampla abertura para pesquisas, nos mais variados aspectos dessa área do conhecimento”, afirmou a coordenadora.  Continuar lendo

Anúncios

Djalma: para além dos lanches

Conheça o dono do x-coxinha e da maionese mais comentados da UTFPR

#PERFIL

Por Luísa Sampaio

Curitibano de 59 anos, Djalma Telles de Menezes Filho é dono de uma das lanchonetes mais frequentadas pelos alunos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). O Djalma Lanches, criado em 1992 e localizado na Av. Sete de Setembro, é conhecido principalmente por sua maionese e o x-coxinha.

Djalma, a primeira vista aparenta ser uma pessoa séria, mas com o tempo esbanja simpatia e  gosto por conversar com seus clientes.  Antes de abrir o estabelecimento, trabalhou durante 10 anos no Banco do Estado do Paraná (BANESTADO) e em outra lanchonete do centro de Curitiba. Quando ficou desempregado e começou a passar por dificuldades, surgiu a ideia do Djalma Lanches, que desde o início foi apoiada por sua família. Sua maior dificuldade em ter um estabelecimento comercial foi a necessidade de saber administrar as finanças de um negócio próprio e  sua timidez, que diminuiu à medida que desenvolveu a habilidade de conversar com seus clientes. 

Com uma localização estratégica e um preço acessível aos universitários e moradores da região, a lanchonete tornou-se uma ótima opção de alimentação. Djalma não se preocupa com a concorrência ao lado e nem com propagandas, e acredita na importância da indicação daqueles que frequentam sua lanchonete, o chamado marketing “boca a boca”.

Seu sanduíche mais famoso, o x-coxinha, surgiu quando um aluno da UTFPR pediu à Djalma que colocasse um salgado dentro de um sanduíche, outras pessoas que estavam no momento aprovaram a combinação e também fizeram o pedido. E qual o segredo da maionese? Muitos clientes já fizeram essa pergunta ao dono da lanchonete. Seus ingredientes incluem azeite, ovo, sal e vinagre, mas a diferença se faz na consistência final.  Continuar lendo

UTFPR realiza a primeira Colônia de Férias Tecnológica

Por Victória Diniz e Stephanie Mayer

Neste mês de julho, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná( UTFPR) contará com programação especial de férias. Entre os dias 10 e 14 de julho, a sede CIC Sul do campus Curitiba receberá sede da primeira Colônia de Férias da Tecnológica. O evento em parceria com a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ), terá alunos da Universidade como voluntários e  irá realizar atividades recreativas com cerca de 2000 crianças de ONGs e Associação de moradores da região do Cidade Industrial.

Ivone de Castro, chefe do Departamento de Extensão e também responsável pela criação do Projeto conta que o mesmo surgiu no mês de Janeiro de 2017, com a motivação de alguns alunos que estavam na Universidade no período de férias. Desde então, Ivone tem procurado por alunos que se dispusessem ao voluntariado com oficinas de robótica, matemática entre outros. Segundo a entrevistada, não foi fácil conseguir o número necessário de alunos para colocar o projeto em prática. As inscrições ficaram abertas por duas semanas e no fim estão contando com 210 voluntários. 

Prof.ª Ivone de Castro, chefe do departamento de extensão da UTFPR

Sobre as dificuldades encontradas para realizar a Colônia de Férias da Tecnológica, Ivone de Castro comenta sobre a falta de patrocínio para o lanche das crianças, o que impossibilitou que o projeto ocorresse durante todo o dia e também da falta de recursos cedidos pela UTFPR, o que dificultou a viabilização de toda a estrutura e do projeto no geral. Mesmo com todos os percalços, a idealizadora do projeto se diz muito animada e confiante para realizar o evento e promete, se tudo der certo, uma segunda edição já nas próximas férias de verão.

Coleta livros para oficina literária –  Para viabilizar uma das atividades propostas, o DEPEX, departamento de extensão da UTFPR, também está coletando livros infantis e infanto-juvenis para oficina literária com crianças da região CIC durante a colônia de férias. A intenção é que em  todos os dias da colônia terão oficinas literárias com alunos e servidores trabalhando como voluntários.  Continuar lendo

Agência de comunicação incentivada por Hotel Tecnológico consegue seus primeiros clientes

por Amanda Fernandes

A agência In pulse, constituída apenas por estudantes de Comunicação Organizacional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), começou a funcionar em março deste ano e já tem dois clientes. O projeto foi auxiliado pelo Hotel Tecnológico, uma pré-incubadora de projetos do Programa de Empreendedorismo e Inovação (PROEM), que atua desde 2003 na UTFPR.

Marina Scheffer, uma das integrantes da In pulse juntamente com Emanuelle Santos e Georgia Pires, afirmou para AG Comunique que esse projeto foi o primeiro do Hotel no segmento de comunicação e que, mesmo que no início tenha sido inteiramente planejados por estudantes de comunicação organizacional, atualmente a agência aceita estudantes de qualquer graduação. A agência faz o projeto de comunicação das empresas que a contratam e já tem planos futuros de ter uma plataforma que, em teoria, irá atender clientes e gerar empregos no mundo todo.

Continuar lendo

Restaurante universitário da UTFPR volta a receber elogios

Após enxurrada de reclamações R.U apresenta melhora na qualidade dos serviços

Por Juliana Virgolino

No último semestre, os alunos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), foram surpreendidos por sérios problemas relacionados ao restaurante universitário (R.U), dentre eles: alimentos servidos crus ou queimados, ataduras e pedras encontradas na comida, o não cumprimento do cardápio, entre outros. Alunos da instituição se mobilizaram e criaram campanhas no Facebook incentivando as reclamações na ouvidoria. “No final do mês de junho, após meses de trabalho árduo, fomos surpreendidos pelos primeiras avaliações positivas”. Relatou Reinaldo – presidente da comissão do R.U.

Em virtude das reclamações, no último mês a comissão do R.U deu, à empresa responsável pelo restaurante, o prazo de 30 dias para apresentar melhorias, ou o contrato, que termina agora em julho, não seria renovado.
A comissão é o órgão responsável por fiscalizar os serviços das empresas vencedoras das licitações e é formado por servidores e alunos da universidade sempre que o processo de licitação é renovado, segundo o presidente da comissão, Reinaldo Alarcon.

Quando questionados sobre as ações tomadas para atender as reclamações dos alunos Carlos Tenório afirmou que independe dessas reclamações a comissão sempre esteve trabalhando ativamente para garantir a qualidade dos serviços prestados e o cumprimento do contrato. Reinaldo complementou dizendo que o que mudou nos últimos meses a frequência de reuniões e participação dos discentes nas reuniões aumentou nos últimos meses.

Integrantes da comissão do restaurante universitário da UTFPR (Foto: Juliana Virgolino)

Continuar lendo

Estão abertas as inscrições para o 35° SEURS

Por Bianca Julia Rudiniki Costanski

A Pró-Reitora de Relações Empresariais e Comunitárias (PROREC), por meio da Diretoria de Extensão (DIREXT), torna pública a abertura do Processo de Seleção Interna de trabalhos para o 35º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS). O formulário para a submissão das propostas, disponível no do site da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), na página do DIREXT, órgão responsável pela seleção dos trabalhos inscritos, deverá ser enviado até o dia 30 de julho, também na página de Extensão, nos formatos .doc/.docx ou .odt (ou não serão avaliados).

O SEURS é o principal evento de extensão da região sul do país e terá como temática a Internacionalização da Extensão. Este ano, ocorrerá entre 30 de outubro e 01 de novembro de 2017, no campus Jardim Universitário da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), em Foz do Iguaçu. Nesse seminário há trocas de novas ideias de como fazer extensão com o conhecimento produzido pela pesquisa nas universidades.  Continuar lendo

CAUTEC realiza o 1º Asteroid day na UTFPR

Com o intuito de divulgar os perigos causados por asteroides, evento é realizado pela primeira vez na UTFPR

Por César Cruz

É realizado nesta sexta-feira (30), no miniauditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), das 9h às 17h, o evento Asteroid Day, cuja programação contempla palestras de doutores e professores  especialistas em asteroides. O evento está sendo realizado pela primeira vez na UTFPR pelo Clube de Astronomia Universidade Tecnológica Federal do Paraná (CAUTEC) em parceria com o Departamento Acadêmico de Eletrônica, é gratuito e aberto para toda comunidade. De acordo com o CAUTEC, possivelmente haverá observação, podendo existir complicações pelo clima.

“O evento surgiu em 2015, com o intuito de discutir e alertar as pessoas sobre os perigos que os asteroides podem trazer para toda a vida na Terra”, diz Wellington Ferrante, aluno de Licenciatura em Física e voluntário no CAUTEC. A data escolhida (30/06) é um alarme sobre o evento de 1908 que aconteceu na Sibéria (Evento de Tunguska) onde um asteroide explodiu sobre uma floresta e causou um enorme estrago na região. Recentemente, outro evento, na Rússia, com a queda de asteroide em uma cidade próxima, causou muitos estragos.

“O evento vem com a importância de alertar sobre esses perigos e incentivar a observação do céu e o registro para a descoberta de novos asteroides”, alega o voluntário. Iniciado por alunos da graduação, visando a divulgação da astronomia, o CAUTEC desde 2015 vem realizando espaços com observações regulares (segundas e quartas-feiras à noite e sextas-feiras ao meio dia), visando a divulgação do clube e da astronomia.

Curta-documentário sobre ocupações estudantis é lançado na UTFPR

Por Vitor Ilha

Nesta quinta-feira (29), às 19 horas, no miniauditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), sede centro, ocorrerá a exibição do documentário “Primavera Secundarista”. O curta-metragem apresenta a ação estudantil ocorrida na universidade e no Colégio Estadual do Paraná em Curitiba no ano de 2016. A aluna Maíra Kaline (22), do curso de Comunicação Organizacional da UTFPR, foi a responsável pelo desenvolvimento deste documentário, e explica que a ideia de produzi-lo surgiu a partir do Grupo de Estudos e Pesquisas em Trabalho Educação e Tecnologia (GETET), onde a aluna faz iniciação científica.

Maíra conta que, na época das ocupações, quando já estava realizando registros sobre o mobilização estudantil no Colégio Estadual do Paraná, a UTFPR foi ocupada. Então, a aluna decidiu permanecer na universidade durante todo o processo a fim de realizar gravações a respeito da ocupação. “O processo de edição e finalização foi realizado por Renato Prospero, que nos apoiou em diversos projetos do GETET. Essa ajuda foi muito importante, pois ele conseguiu mexer num material que trazia muitas lembranças doloridas para mim, como as perseguições e ameaças que sofremos durante a ocupação”, comenta.

Divulgação – Facebook

Continuar lendo

Medicação preventiva à AIDS é incorporada no SUS

Por Leticia Cordeiro

O Ministério da Saúde anunciou, no mês passado, a incorporação de mais uma forma de prevenção contra o HIV (vírus da AIDS, imunodeficiência humana) no Sistema Único de Saúde (SUS), a Profilaxia Pré-exposição (PrEP). Este tratamento utiliza um medicamento – o Truvada – para evitar que uma pessoa que não tenha o HIV adquira a infecção quando se expor ao vírus.  A previsão é que a medicação, que combina dois antirretrovirais (Tenofovir e Emtricitabina) em um único comprimido, começará a ser distribuída ainda esse ano, de forma gratuita, porém com critérios de obtenção e utilização.

O medicamento que já é utilizado em outros países, como Estados Unidos, é indicado a pessoas que tenham maior risco de exposição ao HIV. Essa indicação fundamenta os critérios de obtenção gratuita nos postos de saúde no Brasil. Terão acesso ao tratamento pessoas que fazem parte das populações-chave no combate do avanço da AIDS como casais sorodiferentes (em que apenas uma pessoa do casal possui o vírus), homens que fazem sexo com outros homens (HSHs), profissionais do sexo e transgêneros.

A iniciativa, segundo Bernardo Montesanti Machado de Almeida, consultor local do projeto em Curitiba, soma-se a outras estratégias de prevenção e pode diminuir de forma substancial o risco de adquirir o vírus. Contudo, a eficácia está diretamente relacionada à adesão, portanto, deve-se tomar um comprimido por dia, além de um acompanhamento médico trimestral. Nas consultas médicas no SUS, serão solicitados exames a fim de acompanhar resultados, possíveis efeitos colaterais e adesão.  Continuar lendo

Avaliação docente pelo discente encerra-se nesta sexta

Por Joyce Franco

Nesta sexta-feira (23), encerra-se o processo de avaliação do docente pelo discente, referente ao primeiro semestre letivo, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A avaliação é um instrumento importante para o acompanhamento e a melhoria no ensino oferecido pela instituição e possibilita a participação, bem como o compromisso  dos alunos, no processo.

O campus Curitiba conta com quase 55 mil estudantes e obteve a participação de mais de 17 mil, cerca de 30% dos alunos neste semestre, até o momento. Segundo o Everilton José Cit (53), professor do departamento de Desenho Industrial (Dadin), “este processo é a forma mais direta que o aluno tem de avaliar o professor e o curso, pois esses resultados são acompanhados pelos chefes de departamento e também tem peso na avaliação da universidade”.  Continuar lendo