Oficina de grafite encerra II Semana Acadêmica de Comunicação na UTFPR

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Emanuelle Soares Brizola e Luciano Rizzi*

A oficina de estêncil e grafite encerrou a programação da II Semana Acadêmica de Comunicação da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), realizada entre os dias 25 e 27 de setembro de 2017. A Tambor – codinome dado ao evento – foi organizada por uma comissão de alunas e pela coordenação do curso de Comorg (Comunicação Organizacional), explorando o tema “Comunicação 360º”. A última oficina, realizada na noite desta quarta-feira (27) na universidade, foi ministrada por João Tarran, estudante do curso de Design na UTFPR.

Tarran, 21 anos, descreve o grafite como “arte urbana underground necessária contra a opressão imposta pela sociedade dominadora”. Segundo o estudante, a manifestação por meio do grafite deve ser vista como um movimento democrático e de liberdade de expressão nas ruas. “Além de ser expressão cultural, a arte busca trazer vida ao ambiente cinzento e concreto da cidade, e pode ser feita por qualquer um que queira transmitir uma mensagem”,  disse João Tarran. O responsável pela oficina também afirmou que a iniciativa também proporciona a troca de experiências e reflexões, por  permitir que a alguém expor seu ponto de vista diante do outro.  Como artista, incentivou aos alunos a pensar “fora da caixa” durante a atividade, expondo suas reflexões e questionando as convenções sociais – a materialização das ideias em um meio opressivo é um dos propósitos da arte urbana.

graf

Alunos de Comorg participam de oficina de grafite na Tambor – a II Semana Acadêmica de Comunicação na UTFPR (Foto: Divulgação/Organização da Tambor)

SUCESSO DA TAMBOR

No meio acadêmico, a oficina teve adesão significativa dos estudantes. Aluna de Comorg e integrante da comissão organizadora do evento, Thayna Bressan declarou que todo o trabalho valeu a pena e o retorno foi 100% positivo.  “O propósito da Semana Acadêmica é justamente trazer coisas de fora, que nós alunos não veríamos normalmente em sala de aula. Foi um desafio escolher o tema, pensamos bastante e tivemos várias ideias; escolhemos Comunicação 360° pela amplitude de conteúdos que se encaixam dentro disso”, afirmou. Thayna também ressalta que cada uma das três estudantes que compuseram a comissão organizadora tem perfil e interesses diferentes, o que trouxe a diversidade da programação. “Enquanto uma tem mais foco em gestão, outra se volta mais para criatividade”, exemplificou.

Segundo Elza Oliveira, coordenadora do curso de Comorg, o fato de ter sido organizada por um grupo de alunas, após um intervalo de mais de um ano sem que a realização de um evento similar, agrega relevância à Tambor. A professora Elza salientou o esforço das organizadoras perante o compromisso com o mais acertado para toda a comunidade acadêmica: a participação e o envolvimento dos alunos em atividades complementares e pertinentes ao curso. Para a coordenadora, a qualidade diferenciada da programação foi o que trouxe a adesão e participação ativa de grande parte dos alunos de comunicação. “Da parte da coordenação do curso, todo o reconhecimento às organizadoras atuais. Tenho a impressão de que houve sim envolvimento do público, e estou muito feliz por isso. A continuidade da realização da semana nos próximos anos tem apoio efetivo, pela categoria dos eventos e presença dos alunos, e a gente imagina que vai ser sucesso de novo”, declarou a professora Elza Oliveira.

*Os autores são estudantes do curso de Comunicação Organizacional da UTFPR

 

Fotógrafo Walter Thoms compartilhou suas experiências com a fotografia de rua

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Allyson Rafael Berger e Vivian Vieira*

Nesta quarta-feira (27), durante a última manhã de programação da Tambor, a Semana Acadêmica de Comunicação, a palestra ministrada pelo fotógrafo Walter Thoms lotou uma das salas da UTFPR, com a participação de alunos da universidade e comunidade externa, e mediação da professora de fotografia Anuschka Lemos, para tratar do tema “Fotojornalismo e Fotografia de Rua”. Walter Thoms (26 anos), que é fotógrafo há sete anos e atualmente participa de dois coletivos – o R.U.A Foto Coletivo e o Flanares –, contou sobre suas experiências nas ruas de Curitiba, como iniciou sua carreira fotográfica e como os seus colegas influenciam em seus trabalhos.

A palestra, que teve como foco principal a fotografia de rua, teve vários momentos reflexivos sobre a influência da fotografia na vida das pessoas, além dos desafios e das inseguranças de seguir o caminho certo nesse tema. Segundo o palestrante, hoje, a fotografia de rua existe para influenciar as pessoas principalmente na questão de valorização do cotidiano, das cenas que passam despercebidas pelas pessoas imergidas na rotina. “Acho que a foto de rua vai influenciar desde esses momentos bonitos, mágicos e singelos até algo político e de combate. É o que ela representa: estar na rua”, opinou o fotógrafo.

Ao ser indagado sobre o que ele procura demonstrar em suas fotografias, Walter Thoms destacou o valor que confere à coletividade e o fato de seus colegas influenciarem muito em suas ideias. Para ele, o trabalho dos outros fotógrafos muitas vezes serve de inspiração, não para fazer algo semelhante, mas justamente para explorar alguma outra particularidade daquele lugar fotografado e levar à reflexão. “Eu tento fazer algo na mesma cena, nesse mesmo lugar mas pensando ‘como vou fazer algo diferente que faça com que as pessoas fiquem se questionando?’. Acho que é esse lado que eu procuro sempre fazer algo diferente”, afirmou o fotógrafo.  Continuar lendo

Diálogo sobre expectativa e realidade profissional compôs semana de Comorg

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Gabriela Paim, Kaíssa Frade e Nathaly do Nascimento*

A II Semana Acadêmica do Curso de Comorg (Comunicação Organizacional), denominada Tambor, contou com uma variedade de oficinas e debates. Um bate-papo descontraído, em forma de roda de conversa, foi mediado pela comunicóloga e desenhista Amanda Talhari na última terça-feira (26), às 18 horas, na Laje do Design da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). Abordando o tema “Expectativa versus Realidade” e focando no mercado de trabalho, a desenhista utilizou de suas experiências pessoais para a falar a respeito do que se espera encontrar no dia a dia após o término do curso de Comunicação e o que realmente se encontra.

expect

Com o público majoritariamente de calouros do curso de Comorg, o diálogo fluiu com a interatividade. Os alunos destacaram suas expectativas otimistas e pessimistas em relação ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que conversaram sobre a visão idealística que geralmente se têm em relação aos futuros empregos. Sobre isso, Talhari ressaltou: “Você demora uns anos até a ficha cair, a realidade do mercado de trabalho não é nem ideal como queríamos, nem ruim como temos medo que seja. Ela é o que fazemos dela”.

Continuar lendo

Oficina de Escrita Criativa integrou Semana de Comunicação

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Deborah Deluchi, Leonardo Batistão e Rhuan Iasino*

Sem título

Oficina ministrada pelos estudantes João Simino e Luiz Fernando, do curso de Letras Português – Inglês da UTFPR, focou em crônica como escrita criativa (Foto: Leonardo Batistão)

Foi realizada, na manhã da última terça-feira (26), na sede Centro da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), a oficina de Escrita Criativa,  ministrada por graduandos do curso de Letras da universidade durante a II Semana Acadêmica de Comunicação. De acordo com os ministrantes João Victor Arcega Simino e Luiz Fernando Rosa, escrever bem e de modo criativo é essencial para a carreira profissional.

“Vivemos em uma sociedade muito tecnológica, e existe a necessidade de chamar a atenção do leitor para o que se escreve. Ao pensar um texto de forma criativa, discorrer sobre determinado assunto de maneira diferente, você ganha mais notoriedade”, afirma Luiz Fernando. Segundo ele, o tema “crônicas” foi escolhido a dedo para os alunos do curso de Comunicação Organizacional com base nas possíveis áreas de atuação dos estudantes no atual mercado de trabalho Continuar lendo

Gestão de Crise na esfera política é tema de palestra na semana de Comorg

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Caroline Wiese, Leon Pureza, Maisa Barbosa*

O jornalista e ativista político-cultural Guilherme Daldin palestrou sobre o tema gestão de crise na última terça-feira (26), na semana acadêmica de Comunicação Organizacional (Comorg) da UTFPR. Daldin comentou suas estratégias e objetivos das ações de comunicação numa esfera política de crise, na qual ações precisam atingir um público restrito em pouco tempo. Em sua fala, o palestrante trouxe situações atuais da política brasileira como exemplos para o tema.

O jornalista enfatizou o papel e a relevância das redes sociais nas manifestações políticas, desde a primavera árabe até as que se seguiram por todo o Brasil em 2013, e a diferença de efetividade do atual engajamento nesses ambientes. Questionado pela plateia sobre a melhor forma de atingir uma gama maior de público pelas redes sociais, o palestrante explicou a relevância da comunicação em rede simulando uma campanha voltada aos alunos de comunicação. “Neste caso, devemos atingir o primeiro círculo dessa bolha, que são alunos, professores, pessoas diretamente relacionadas à instituição. Caso eles sejam impactados com força, criarão um engajamento de público que vai alavancar a visibilidade da campanha para pessoas conectadas a elas. Desta forma, é possível aumentar o alcance e ‘furar a bolha’ em alguma medida”, afirmou o ativista.

Imagem - S95 - Grupo 2

Palestra com tema “Gestão de crises” dada por Guilherme Daldin reuniu alunos na semana acadêmica de Comunicação Organizacional na UTFPR (Foto: Maisa Barbosa)

Daldin, que já trabalhou com plano de comunicação de projetos ambientais da Petrobrás, dirigiu o curta-metragem ‘Com amor, Fleury’ (2013), selecionado para o Festival de Cinema da Lapa. Segundo o profissional, que trabalha na produtora Popolo Filmes, ele também esteve diretamente ligado à luta contra a extinção do Ministério da Cultura em maio deste ano, durante a ocupação do pátio do prédio do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Os trabalhos do jornalista podem ser conferidos em sua página, aqui.

*Os autores são estudantes do curso de Comunicação Organizacional da UTFPR.

Oficina de roteirização para cinema atraiu alunos de diversos cursos

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Jeane Amaral, Laura Bedin e Luiza Queluz*

roteiro cinema

Semana Acadêmica de Comunicação ofereceu oficina de roteirização para cinema ministrada por alunos do curso de letras (Foto: Camila Mancio)

Na manhã da última segunda-feira (25), após o evento de abertura da II Semana Acadêmica de Comunicação da UTFPR, uma oficina sobre roteirização para cinema foi oferecida aos participantes. Ministrada por Evandro Souza e Luiz Fernando, ambos alunos do curso de Letras da universidade, a iniciativa atraiu alunos de diversos cursos, que puderam conferir a importância da temática na cultura contemporânea.

Segundo Evandro Souza, a roteirização para cinema é de grande importância para a sociedade em geral, por constituir uma expressão artística. O estudante de letras declarou ainda que, embora no Brasil esse mercado ainda seja restrito – com pouco investimento -, vale a pena persistir com muita determinação para crescer nesse cenário.

Continuar lendo

Semana Acadêmica debateu a presença da Mulher Negra na Moda

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Jessica Guimarães, Julia Duda e Sara Takatsuki*

suelenmatos-2

Colóquio reuniu estudantes para discussão em torno de Designer de Moda Suelen Matos (Foto: AG Comunique)

Na manhã do segundo dia (26/09) de programação da Tambor, a Semana Acadêmica de Comunicação da UTFPR, foi realizada um colóquio sobre a representatividade da mulher negra na comunicação de moda. A convidada Suelen Matos, designer e pesquisadora na área de plástica afro-brasileira na moda feminina, explicou que há empecilhos para a entrada definitiva da mulher negra na moda. Entre eles, afirmou que o racismo e o machismo são as principais causas e que, no Brasil, o racismo institucional velado é naturalizado. “Se é questionado, é rotulado como ‘mimimi’. O racismo existe, sim. O motivo pelo qual o negro não se insere definitivamente na moda e na comunicação é o racismo velado”, declara. Continuar lendo

Abertura da Semana Acadêmica de Comunicação aborda “Comunicação 360º”

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Amanda Araújo, Douglas Rigamonte e Felipe Camargo*

Na manhã desta segunda-feira (25), iniciou-se a II Semana Acadêmica de Comunicação Organizacional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A abertura oficial foi realizada no auditório principal do Bloco H, na Sede Centro do Campus Curitiba, com o tema “Comunicação 360°”.

No evento, que teve início às 8h30, o jornalista e especialista em marketing Ricardo Voigt ministrou uma palestra sobre empreendedorismo, marcas que oferecem experiências e influenciadores digitais. O palestrante iniciou seu discurso contextualizando o início de sua graduação até os primeiros passos de sua trajetória no mercado de trabalho. Na ocasião, Ricardo explicou aos presentes sobre os significados do termo “comunicação 360º”, bem como o uso dela na gestão estratégica e as melhorias nos resultados. Além disso, abordou a importância dos influenciadores digitais para o engajamento da marca e os desafios impostos aos comunicadores perante as novas mídias. A palestra durou uma hora e, às 9h30, os organizadores abriram um curto período de tempo para perguntas da plateia.

ag1

Jornalista e especialista em Marketing Ricardo Voigt palestrando sobre “Comunicação 360º” (Foto: Felipe Camargo)

Continuar lendo

Curso de Comunicação da UTFPR realiza Semana Acadêmica

tambor

Com codinome Tambor, o evento terá mais de 20h de programação divididas em três dias de palestras, colóquios e oficinas (Fonte: Divulgação/Facebook)

A II Semana Acadêmica do Curso de Comunicação Organizacional da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) começa nesta segunda-feira (25), às 8h30, na sede centro do campus Curitiba. Com o codinome “Tambor”, o evento tem como objetivo oferecer à comunidade acadêmica momentos de convivência e debates acerca dos estudos e mercado de trabalho. O evento também objetiva oferecer  aos participantes uma visão mais abrangente na atuação do profissional de comunicação. Por isso, a programação, ao longo de três dias, contempla uma pluralidade de atividades e temas pertinentes à comunicação. O evento é aberto às comunidades interna e externa da UTFPR.

Segundo os organizadores, assim como a palestra de abertura, esta edição tem como tema a “Comunicação 360º”, compreendida como a gestão da comunicação como uma ferramenta estratégica da organização. É o desenvolvimento de projetos de comunicação que capazes de envolver e integrar diversos setores, o que também inclui o domínio de multiplataformas e mídias, e o alcance de diferentes públicos. A palestra será ministrada por Ricardo Voigt, jornalista e especialista em marketing, às 8h30, no miniauditório, nesta segunda-feira (25).

A organização do evento é dos próprios alunos do curso com o apoio da Coordenação do Curso de Comunicação Organizacional da UFTPR. A comissão organizadora conta representantes de diferentes períodos do curso. Entre os outros temas contemplados estão roteirização para cinema; desenvolvimento de projetos; empreendedorismo; fotografia; branding; produção de conteúdo; gestão de crises; fotojornalismo; comunicação política; mind-set, escrita criativa e outros. A programação completa e atualizada do evento pode ser conferida na fanpage da Tambor: https://www.facebook.com/TamborComunica/.