Modelo social brasileiro não é o ideal, mas tem muita coisa a ensinar ao mundo, defende Domenico De Masi

Keren Moura (*) 

O sociólogo italiano Domenico de Masi, autor do livro “O Ócio Criativo”, lançado em 2000, realizou uma palestra em Curitiba no mês de outubro, onde analisou os vários períodos e definiu padrões sociais que se repetem ou modificaram-se com o tempo.

Focando-se principalmente no modelo pós-industrial, o autor acredita que a máquina industrial e os padrões estabelecidos nesse período são mantidos, apesar do ritmo e mudança de comportamento das pessoas. Para ele, os trabalhos e os trabalhadores são diferentes, porém o modelo organizacional aplicado continua o mesmo. Continuar lendo