Aprendendo a empreender – MEJ investiu mais de 1,2 milhões em educação empreendedora e prospectou 783 projetos no estado do Paraná

Representantes de empresas juniores em evento na UTFPR – Ponta Grossa – Fonte: divulgação

Gabriel Ferreira Vale

Grande parte da população sonha em empreender um negócio. Porém, entre o sonho e a realidade, muitas vezes, existe o medo de não dar certo – e até mesmo da desconfiança acerca da própria capacidade de vencer os desafios e obter sucesso. Mas o que é empreendedorismo? O conceito vai muito além da abertura de uma empresa.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), um dos principais agentes disseminadores da cultura empreendedora no Brasil, se utiliza da definição de Louis Jacques Filion: “Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

O Movimento Empresa Júnior (MEJ) chegou ao Brasil em 1988, e corresponde ao conjunto de organizações do terceiro setor geridas por estudantes universitários das instituições de ensino superior (IES). A partir de contribuições voluntárias, os estudantes adquirem vivência empresarial e promovem o empreendedorismo no país por meio da prestação de serviços, sempre resgatando a missão principal do movimento: formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil.

Como pertencentes ao terceiro setor, essas organizações são consideradas importantes atores sociais, pois reúnem estudantes com perfis e cursos de graduação distintos de modo que ao integrarem comunidades empreendedoras, ampliam seus espaços de participação no mercado e alinham os indivíduos com valores como postura empreendedora e sinergia.

Segundo o presidente do Conselho da Federação de Empresas Juniores do Estado do Paraná (Fejepar), Guilherme Camargo, “o MEJ veio como uma solução para o mercado. A gente traz estudantes para dentro do maior centro de inovação do Brasil, que são as universidades, para criarem novas soluções para o mercado”. Ele ainda afirma que o movimento “transforma o empresário júnior, tornando-o mais comprometido e mais capaz. Mais comprometido atuando em redes, compartilhando com empresas juniores (Ejs) do Brasil e do mundo inteiro, novas soluções e aprendendo a trabalhar em comunidades”.

Até o momento, o MEJ investiu mais de 1,2 milhões em educação empreendedora e prospectou 783 projetos no Estado do Paraná. Além disso, a rede se encontra perto de alcançar a meta de crescer 30% em relação ao ano passado, ressalta o presidente.

Dessa forma, o MEJ ao atuar em rede, contribui para a geração de trabalho e renda proporcionando aos estudantes aprendizado prático e experiência real a partir da interface com o mercado de trabalho.

Evento

No dia 20 de outubro, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) –  Câmpus Ponta Grossa foi a sede do Cidade Júnior, evento promovido pela Fejepar. O evento reuniu cerca de 620 estudantes universitários provenientes de diversas instituições de ensino superior (IES) do Paraná. Nesta edição, o tema: “O que acontece quando você sai da Inércia?”, inspirou os empresários juniores para a iniciativa, a reação e a ação a partir do incentivo à liderança e crescimento pessoal e profissional.

O coordenador de eventos desta edição do Cidade Júnior, Danilo Garcia, afirma que o conceito de impulso surgiu da necessidade de despertar nos estudantes dois estímulos principais: senso de urgência e formação de liderança. O evento buscou impulsioná-los na conquista das metas e resultados ainda nesse ano e estimulá-los a se preocuparem com a sucessão de suas Ejs, pontua.

A cada edição do Cidade Júnior, as instâncias representativas do MEJ buscam proporcionar um ambiente favorável para o intercâmbio de informações e a troca de experiências. As diversas dinâmicas interativas são o ponto de partida para que os universitários comparem suas jornadas e projetos desenvolvidos em suas EJs.

A programação do Cidade Júnior foi composta por palestras, workshops e grupos de discussão e dividida entre os períodos matutino e vespertino. As atividades tiveram início às  9h, no Centro de Convivência da UTFPR, com duas palestras magnas ministradas por profissionais do mercado de trabalho que inspiraram liderança e intensificaram o aprendizado dos empresários juniores. No período vespertino, as atividades paralelas foram distribuídas entre as salas da universidade e englobaram temas centrais para o fortalecimento da vivência empresarial dos estudantes, como exemplo liderança, vendas, cultura organizacional, marketing digital e gestão.

A estudante do curso de Bacharelado em Comunicação Organizacional, Mariana Wons, diz que o Cidade Júnior despertou nela empolgação e também vontade de fazer as coisas acontecerem. Ela voltou para Curitiba mais disposta para realizar a prospecção de novos projetos e questionar os erros da sua EJ.

MEJ na UTFPR – Câmpus Curitiba

O Câmpus Curitiba da UTFPR possui nove EJs, das quais três são associadas à Fejepar. Elas são constituídas por dezenas de estudantes dos mais variados cursos e áreas de conhecimento como Administração; Comunicação Organizacional; Design; Design Gráfico; Arquitetura e Urbanismo; Engenharia Civil; Engenharia Elétrica; Engenharia Eletrônica; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia Mecânica; Engenharia Mecatrônica; Engenharia da Computação; Sistemas de Informação; Engenharia Ambiental e Sanitária.

Para o fundador e atual presidente da Cacto Comunicação, Cristiano Sousa, estudante do  7° período de Comunicação Organizacional, as empresas juniores contribuem para a disseminação da cultura empreendedora na comunidade universitária. “No MEJ, fiz muitos contatos com outras empresas e instituições, e exercitei o intraempreendedorismo e a vivência em gestão. Aprendi a liderar pessoas, fazer negociação, vendas, solucionar problemas e identificar gargalos”, afirma o estudante.

Com atuação nas instituições de ensino todo o Brasil, o MEJ é um importante agente de formação de empreendedores e lideranças, pois proporciona aos estudantes universitários a vivência empresarial e o comprometimento com resultados. Dessa maneira, intensifica a educação empreendedora, aumenta sua participação no mercado e fortalece as conexões da rede no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s