Estudantes de comunicação buscam estágios em grupos de vagas no Facebook

Nayara Khayene

O grupo Vagas de Comunicação no Paraná, criado em 2013 por dois comunicadores, objetiva ser um ambiente no qual as oportunidades de trabalho em comunicação possam ser divulgadas, para que os interessados pela área encontrem oportunidades de emprego, se recoloquem no mercado e vejam que ele está em ascensão.

Para entrar no grupo, é necessário solicitar e aceitar os termos de participação ou receber convite de alguém que já seja membro. Atualmente, os participantes vão de estudantes e profissionais atuantes até organizações, somando mais de 12.000 membros.

Em entrevista à Agcomunique, uma das criadoras do grupo, a relações públicas Aline Carlesso, revelou que o principal motivo para a criação do grupo foi o desejo de compartilhar com outros profissionais as vagas que ela encontrava e que não condiziam com seu perfil.

“Em 2012 me formei e comecei a pesquisar vagas e oportunidades de trabalho. Como eram muitas vagas pensei em criar um grupo para que mais pessoas tivessem acesso”, diz Carlesso.

Ela comenta que o grupo deseja ser, principalmente, “uma luz para quem precisa do seu primeiro estágio”, revelando que muitos dos membros são estudantes que, geralmente, estão buscando e conquistam sua primeira oportunidade de emprego por intermédio do grupo.

Esse fato é confirmado pela Alana Maia Lopes, graduanda em Relações Públicas, que conquistou a vaga do seu primeiro estágio pelo grupo Vagas de Comunicação no Paraná.

“Eu olhava as vagas praticamente todos os dias e numa dessas encontrei a postagem da vaga do meu estágio e me candidatei. Após selecionarem minha ficha e passar por uma entrevista, fui contratada. Fiquei supersatisfeita com o processo e com a facilidade de ter encontrado a vaga no grupo”.

A estudante relata também que a maioria dos seus colegas de classe participam do grupo e que começou a participar pela indicação de um deles. Sobre o funcionamento do grupo, ela diz que “é uma porta aberta, principalmente para estudantes que querem um estágio, pois muitas vezes as vagas são feitas a partir de indicações e muita gente fica de fora, tirando oportunidade das empresas conhecerem outros candidatos”.

Tanto Carlesso quanto o publicitário e relações públicas Earle Martins administram o grupo e estão disponíveis quase 24 horas por dia para controlar as postagens feitas na página – que devem conter a cidade onde a vaga é ofertada, um e-mail para contato e proíbe a determinação de sexo no perfil da vaga e a exigência de mais de 6 meses de experiência na área – e cessar dúvidas apresentadas pelos membros.

Na criação do grupo, os administradores reuniram diversas empresas que buscavam candidatos para as vagas disponíveis nas organizações e contaram com a divulgação entre amigos e conhecidos até que o desenvolvimento foi crescendo e o grupo conquistou a gama de membros atual.

Os resultados que o Vagas de Comunicação no Paraná gera não são efetivamente mensurados por Martins e Carlesso, porém sempre recebem feedbacks que reforçam a importância do grupo para estudantes e profissionais da área.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s