Espetáculos de rua são uma das atrações do Festival de Curitiba

Luis Felipe Gama Barros

Entre 28 de março a 8 de abril, Curitiba recebeu o Festival de Teatro, que nesta edição contou com mais de 300 espetáculos. Musicais, peças teatrais, peças infantis, dança contemporânea e todos os tipos de arte que se pode imaginar fizeram parte do evento. Dentre eles, uma modalidade utilizou o espaço urbano para promover e exercer o papel da arte: o teatro de rua.

Historicamente, o teatro teve sua origem nas ruas e praças. Desde a Grécia antiga, praticava suas funções artísticas em espaços abertos. Logo depois, no Renascimento, elitizou-se devido à burguesia e ficou restrito a espaços fechados e aconchegantes. No entanto, há grupos teatrais que acreditam que a arte de rua é fundamental para a cultura e resistem levando conhecimento para quem não tem acesso aos teatros em espaços convencionais.

Joseane Berenda, atriz do grupo Arte da Comédia, diz que o teatro de rua é indispensável para a consolidação da cultura e o conhecimento. Atriz e atuante no espaço urbano há 5 anos, Joseane afirma que o que a levou a atuar na rua foi justamente o papel social que o teatro pode oferecer. A acessibilidade e o compartilhamento das emoções que envolvem pessoas de todos os tipos de classes é o maior retorno que o ator de rua pode ter.

Joseane diz que os artistas precisam levar cultura, diversão e relaxamento para quem não tem tempo ou dinheiro para prestigiar peças teatrais em espaços fechados. O teatro de rua é inusitado e imprevisível e reúne uma plateia totalmente heterogênea, levando as pessoas a refletirem, discutirem sobre temas e até quem sabe esquecer naquele instante dos seus problemas, afirma Joseane.

Sobre políticas públicas, Joseane diz que a prefeitura de Curitiba deveria incentivar mais os grupos de teatro de rua, e que ainda são marginalizados. “Se acontece algo que é bastante comum em uma cidade como Curitiba, com um clima imprevisível, como chover, por exemplo, eles não têm com o que se virar naquele momento. O tratamento entre teatros de rua e teatros em espaço convenientes é desigual, o que chega a ser bem triste já que arte é arte seja em qualquer espaço”, ressalta Joseane.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s