Mercado e ativismo veganos crescem em Curitiba

Por Henrique Ximenes e Laura Jucá

Uma grande variedade de lojas e estabelecimentos veganos pode ser encontrada hoje em Curitiba. De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2012, 11% da população curitibana se diz vegetariana ou vegana, mostrando a demanda desse mercado. Mais que apenas uma dieta sem nenhum derivado animal, esses locais geralmente estão ligados ao ativismo político por trás dessas ideologias.

Renan Toledo, um dos fundadores do Viva La Vegan, um Bike-Café Vegano no centro da cidade, explica a importância em se disseminar a informação sobre o veganismo. “Não é uma dieta baseada em produtos saudáveis para cobrar mais política, que preza por uma vida harmônica dos animais e dos seres humanos. Queremos popularizar o movimento, e não elitizá-lo”, afirma Renan. 

Pertinente à ideologia do movimento, há ainda um certo afastamento da competitividade capitalista nesse mercado. Toledo esclarece que há uma grande colaboração com estabelecimentos menores do ramo e que, por meio da troca de serviços e produtos, juntos buscam fortalecer a causa. Por isso, é comum encontrar nesses estabelecimentos apoio a eventos de relevância social, política e humana, abrindo espaço para pautas como feminismo, mobilidade e desigualdade.

Esse cenário de Curitiba ilustra como o veganismo está se tornando cada vez mais expressivo fazendo pessoas não veganas conhecerem a culinária, o estilo de vida e os princípios, facilitando a introdução deste tema para debates.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s