Projeto incentiva o contato de alunos da rede municipal com cientistas

Reportagem: Kauhany Oliveira
Pauta: Thaiane Lago
Edição: Rafaela Teixeira

A Prefeitura de Curitiba lançou, em setembro deste ano, o Projeto “Cientistas na Escola”, que visa melhorar a divulgação do trabalho dos cientistas nos ambientes educacionais, estimulando estudantes das redes municipais ao estudo, à experimentação e à descoberta científica. De acordo com a Secretária Municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, em entrevista ao site da Prefeitura de Curitiba, as pessoas precisam saber o que os cientistas estão fazendo e quais são as grandes descobertas que estão sendo feitas. “Isso significa que é fundamental aproximar a sociedade, e também a escola, do conhecimento produzido nos laboratórios e centros de pesquisa, criando assim, uma cultura da ciência”, explicou ela.

Para Olga Meiri Chaim, professora da UFPR (Universidade Federal do Paraná), formada em farmácia bioquímica, mestre e doutora em Biologia Celular Molecular, além de fazer parte do dia-a-dia de todas as pessoas, o estudo das ciências também desenvolve o pensamento científico pelo método baseado em evidências. “É muito importante na formação de cidadãos pensantes e capazes de se informar continuamente de maneira crítica”, afirma a cientista.

Por esta razão, e por notar a falta de divulgação científica para incentivar o interesse das crianças pela área, ela aceitou participar do projeto quando foi convidada. “Eu fiquei bem impressionada com as atividades dadas pelas professoras do ensino fundamental (3º e 4º anos), pois mesmo em situações precárias, elas são, sem dúvida, muito empenhadas em desenvolver atividades que despertem o interesse científico”, relata Chaim. 

“Contudo, as condições de estrutura e suporte didático são bem limitadas. Não existem laboratórios ou verba para realizar projetos de ciência como seria o ideal. Acredito também que esses incentivos acabam sendo menores após o 5º ano, pois o contato com processos mais lúdico-pedagógicos são substituídos pelos métodos tradicionais de “giz e quadro” até o fim do ensino médio. Logo, o interesse também se perde no caminho, por falta de acesso e conhecimento dos estudantes. O Brasil é muito precário nesse sentido”, conclui.

O projeto “Cientistas na Escola” ocorre através de palestras e rodas de conversa, nas quais são abordados temas da área de pesquisa do cientista convidado. “Eles fazem listas de perguntas, como uma entrevista, e eu promovo o debate. Falo de curiosidades, sobre como me tornei cientista, como são minhas pesquisas e sobre minha área de estudos com venenos de animais peçonhentos”, conta Olga. Os encontros duram de uma a duas horas, com turmas de 20 até 40 alunos.

Cientistas na escola

Professora Olga com os alunos da Escola Municipal Profª Sônia Maria Coimbra Kenski (Foto: Prefeitura Municipal de Curitiba – Secretaria Municipal da Educação.)

As escolas interessadas em participar do programa “Cientistas na Escola”, devem se inscrever na Secretaria Municipal da Educação, entrando em contato pelo e-mail sme@sme.curitiba.pr.gov. Para mais informações, basta ligar para o telefone (41) 3350-8484 ou comparecer na sede da Secretaria, localizada na Avenida João Gualberto, número 623, no Centro Cívico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s