Fotógrafo Walter Thoms compartilhou suas experiências com a fotografia de rua

#COBERTURAESPECIAL #TAMBOR

Por Allyson Rafael Berger e Vivian Vieira*

Nesta quarta-feira (27), durante a última manhã de programação da Tambor, a Semana Acadêmica de Comunicação, a palestra ministrada pelo fotógrafo Walter Thoms lotou uma das salas da UTFPR, com a participação de alunos da universidade e comunidade externa, e mediação da professora de fotografia Anuschka Lemos, para tratar do tema “Fotojornalismo e Fotografia de Rua”. Walter Thoms (26 anos), que é fotógrafo há sete anos e atualmente participa de dois coletivos – o R.U.A Foto Coletivo e o Flanares –, contou sobre suas experiências nas ruas de Curitiba, como iniciou sua carreira fotográfica e como os seus colegas influenciam em seus trabalhos.

A palestra, que teve como foco principal a fotografia de rua, teve vários momentos reflexivos sobre a influência da fotografia na vida das pessoas, além dos desafios e das inseguranças de seguir o caminho certo nesse tema. Segundo o palestrante, hoje, a fotografia de rua existe para influenciar as pessoas principalmente na questão de valorização do cotidiano, das cenas que passam despercebidas pelas pessoas imergidas na rotina. “Acho que a foto de rua vai influenciar desde esses momentos bonitos, mágicos e singelos até algo político e de combate. É o que ela representa: estar na rua”, opinou o fotógrafo.

Ao ser indagado sobre o que ele procura demonstrar em suas fotografias, Walter Thoms destacou o valor que confere à coletividade e o fato de seus colegas influenciarem muito em suas ideias. Para ele, o trabalho dos outros fotógrafos muitas vezes serve de inspiração, não para fazer algo semelhante, mas justamente para explorar alguma outra particularidade daquele lugar fotografado e levar à reflexão. “Eu tento fazer algo na mesma cena, nesse mesmo lugar mas pensando ‘como vou fazer algo diferente que faça com que as pessoas fiquem se questionando?’. Acho que é esse lado que eu procuro sempre fazer algo diferente”, afirmou o fotógrafo. 

Em entrevista à AG Comunique, o fotógrafo comentou que seu maior desafio é construir um pensamento fotográfico atual, depois de várias mudanças em sua vida. O palestrante contou que iniciou sua carreira aos 16 anos, quando se mudou com seus pais de Penha (SC) para Curitiba e começou um curso de fotografia – o qual não terminou na época, pois começou a trabalhar como assistente do fotógrafo curitibano Dico Kremer. A questão que rodeava sua vida à época era a sua paixão por fotografar, mas não sabia qual nicho seguir.

“Em 2012 eu conheci alguns amigos que faziam trabalhos assim, foi quando comecei a fotografar mais as ruas. Eu achava aquilo um máximo, ainda mais porque trabalhava no centro de Curitiba. Depois disso comecei a ir para trabalho reparando ainda mais nas ruas, nas pessoas e nas coisas. A questão de fotografar esse meio veio dessa influência e conhecimento do trabalho dos outros. Descobri que tinha algo dentro de mim que gostava da rua, que, por consequência, veio a florescer”, contou Walter Thoms.

Também relatou sobre a sua relação com os coletivos em que atua, ressaltando a troca de conhecimentos e experiência. “Os dois movimentos que participo hoje me motivam muito e cada um tem uma linguagem diferente, o que é muito enriquecedor. Desde lidar com questões políticas – que é o foco do R.U.A – até algo mais subjetivo, artístico – que é o trabalho do Flanares. Mas, eu não sei se eu vou ficar em algum coletivo a vida inteira, pois vejo que hoje em dia tem coisas que eu consigo lidar sozinho. Mas isso não exclui o fato de querer ter pessoas sempre junto comigo, porque essa troca de conhecimentos é algo muito importante”, declarou.

* Os autores são estudantes de Comunicação Organizacional na UTFPR.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s