Meu lamento sobre o tenebroso ano de 2016 (que ainda nem acabou!)

TEXTO DE OPINIÃO

Tarcila Garcia (*)

Sem precedentes na História da Sofreguidão da Humanidade, 2015 ganhou disparado o Prêmio de Ano Tenebroso do Século XXI, com louvores pelas guerras, atentados e desastres ambientais.

Contudo, o invejoso 2016 está correndo a passos larguíssimos para destronar o ano passado. As acaloradas discussões políticas e discórdias familiares em redes sociais merecem a atenção dos jurados.

Fora os bate-bocas, este ano já teve Brexit, Golpe, Dória prefeito, Trump presidente dos Estados Unidos da América, meteoro caindo para destruir o planeta Terra… Desculpe-me a previsão, mas parece que essa é a ordem natural dos eventos.

1-lamento-trump

Sempre acreditei que quando tivéssemos a possibilidade de divulgar largamente informações sobre corrupções políticas, a partir de ferramentas tecnológicas de monitoramento de contas públicas; que quando pudéssemos nos vangloriar da disponibilização de acesso irrestrito a conteúdos históricos / filosóficos / sociológicos; ou quando alcançássemos a possibilidade de discutir abertamente nossas opiniões chegaríamos, enfim, bem próximo da justiça social para todos.

Ledo engano. Informar não é sinônimo de conhecer. Aquele verbo (transitivo direto e indireto) sofre muitos ruídos no trajeto até seu destino. Esses ruídos ocorrem por conta de interesses diversos no jogo da política global.

Mas não é de hoje que a Era do Conhecimento, que poderia esclarecer (trazer informações à luz) foi desacreditada. Donald Trump / Dória / Temer / Eleições 2014 / Guerra ao Terror são exemplos de que uma informação verdadeira, por mais disponível ou divulgada que seja, pode se tornar uma outra verdade. A Era do Conhecimento é manipulável.

O retrocesso que tal miopia traz está visivelmente impregnado nos novos representantes políticos mundo afora. O Brasil não é o único país com dificuldades para enxergar verdades que a enxurrada de informações disponíveis esclareceria. Muito pelo contrário, a enxurrada deixa turva a vista da população.

O catatau de informação para conhecimento, infelizmente, prova que quantidade não é qualidade. Também prova que eu estava redondamente enganada com meu fascínio pelas novas tecnologias da comunicação, em princípios do século XXI.

Tais avanços não serão suficientes enquanto se mancomunam com interesses políticos. Estas ligações perigosas impedem a participação efetiva da sociedade civil no âmbito político. A guinada da extrema direita em eleições governamentais confirma a tragédia.

2-lamento-trumpCapa de uma revista mexicana

A união governo (golpista) Temer com governo (racista) Trump tem absolutamente de um tudo para findar melhorias econômicas e sociais no Brasil. O cheiro fétido do entreguismo já é sentido do lado de cá da América terceiro mundista e comemorada por uma parcela “cega” no país. O que faz os apocalípticos enxergarem claramente o meteoro se aproximando no horizonte.

Se 2016 está concorrendo ao Prêmio de Ano Tenebroso do Século XXI, gostaria, pelo menos, de salientar que reconheço a contribuição do hit Sorry, do Justin Bieber, que proporcionou lucidez de volta ao meu gingado. Obrigada.

Vou dançar enquanto espero o

https://youtu.be/3d_d-FYfJac

* Estudante de Comunicação Organizacional da UTFPR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s