Falta de opções de mercados no centro prejudica população

Leonardo Sousa (*)

Quem mora ou passa pelo centro de Curitiba já reparou nas poucas opções de supermercados na região. Há um domínio evidente da rede de supermercados WalMart, dona das bandeiras Big, Mercadorama, Maxxi Atacado, Sam’s Club, Tododia e WalMart, que congrega mais de 40 unidades dessas bandeiras por todo Paraná.

Especificamente no centro de Curitiba o Mercadorama domina e sempre é alvo de críticas, pelo mal atendimento, altos preços, filas intermináveis, preços errados na gondolas, e também poucas opções de produtos. No mapa abaixo, fica evidente essa afirmação.

mapa-centroMercados no centro de Curitiba Fonte: Google Maps

– Mercadorama General Osório, Avenida Vicente Machado, 18.

– Mercadorama, Rua Comendador Araujo, 370.

– Mercadorama, Rua Mariano Torres, 209.

– Havia até dezembro do ano de 2015, uma unidade na Praça Tiradentes, mas que foi fechada por causa de seu baixo desempenho de vendas.

Na unidade da Praça General Osório foram presenciadas várias reclamações sobre o serviço prestado. Gustavo Henrique, 23 anos, estudante, que pegou uma fila enorme, comentou: “Este mercado, em pleno horário comercial, coloca somente duas caixas para um monte de gente, e uma é preferencial!”.

Audi Moura, aposentada, 70 anos, declarou: “Quando o mercado era regional, o atendimento era bem melhor, havia alguns meninos que iam ajudar a levar as compras, facilitando a nossa vida, mas hoje, ninguém nos ajuda”. O Mercadorama era uma marca paranaense até 2005, quando foi comprado pela rede Walmart.

Audi continua, ”antes era mais fácil reclamar com os gerentes sobre os preços, o mau atendimento, porém, hoje sendo uma multinacional, o acesso fica muito mais restrito a eles, e as reclamações que são ditas não repercutem em nada”. Ela informa também que não há outras opções de mercado na região, e que por ser o mais perto de casa, é o único em que ela vai.

Esses casos não são episódicos, acontecem frequentemente, sobretudo na “hora de pico” (períodos em que a maioria das pessoas está se deslocando de casa ao trabalho e vice-versa) e também nas manhãs de domingos, antes do tradicional almoço familiar.

O mau atendimento e os outros problemas podem muito bem ser questionados pelos consumidores visto que a Walmart é um dos maiores arrecadadores do varejo nacional. Em ranking organizado em agosto de 2016, pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercados de Consumo (IBEVAR), a rede Walmart, aparece na terceira colocação de melhor faturamento em 2015, ficando atrás somente das redes que também atuam em Curitiba, Pão de Açúcar e Carrefour, respectivamente.

mercadoramaMercadorama da Praça General Osório. Foto: Leonardo Sousa

Há um outro mercado, o Vince, na região central que tenta ser um pouco mais popular com uma unidade em frente à Praça Rui Barbosa na Rua André de Barros, número 68. Porém, a falta de opções de marcas e o espaço interno demasiadamente apertado demonstram um estabelecimento ainda em processo de evolução e também com recorrentes reclamações pelas grandes filas.

vinceMercado Vince. Foto: Leonardo Sousa

Essa falta de opções no comércio de alimentos coloca em pauta, outro problema: o baixo número de moradores no centro de Curitiba. Os supermercados estão buscando lugares mais baratos para se instalar, e que tenham uma grande concentração de pessoas. Como a região do centro está cada vez mais desabitada – muito por seus altos preços de moradia, comida e outros custos – vemos os mercados direcionarem suas operações para as regiões periféricas da cidade, sobretudo nas áreas mais populosas.

O problema que pode ocorrer neste caso (e já vem ocorrendo) é a monopolização de mercado: em economia, significa situação em que uma única empresa domina a oferta de determinado produto ou serviço. É o caso do Mercadorama, no centro de Curitiba, que pode alterar os preços ou piorar o atendimento na hora que quiser, e como bem entender. O consumidor, para não passar fome, terá de comprar do mesmo jeito, pois não há muita opção.

(*) Estudante de Comunicação Organizacional na UTFPR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s