Animações são coisa de criança?

TEXTO OPINATIVO

Anneliége Hesse(*)

Muito se engana quem acredita que animações, os populares desenhos, são coisa de criança. Atualmente, este tipo de filme vem carregado de temáticas fortes e que buscam a discussão na sociedade. Como já diria Freud, em seu nível primário são histórias desenvolvidas com o intuito de entreter e distrair preenchendo o espaço livre de nosso tempo; porém, se analisarmos mais cuidadosamente conseguiremos perceber que as críticas e problemáticas trazidas por este gênero são muito mais adultas que infantis.

Os estúdios Disney lideram o ranking das temáticas duras inseridas em seus roteiros, porém outros estúdios têm aderido a ideia. Os filmes tratam desde temáticas simples como o cuidado com o meio ambiente a temas mais polêmicos, como fim da infância, homossexualidade, bullying e famílias compostas de formas diferentes; podemos verificar isso através dos exemplos a seguir:

1- Zootopia – essa cidade é o bicho (Disney): Judy, a coelha, busca ser policial em uma comunidade conservadora e preconceituosa, onde esbarra em vários problemas que existem nas sociedades e tenta lutar contra eles. A animação aborda temas como:Racismo, violência policial, drogas, machismo, abuso de poder, cultura do medo

2- Divertida mente (Disney): no filme acompanhamos a vida de Riley através de suas emoções desde a infância ao início da adolescência e todas as perturbações que isto traz. Através disto podemos ver a abordagem de temas como: depressão, perda das memórias da infância, a importância de também ser triste.

3- Wall-e (Disney e Pixar): o filme faz uma projeção do que será a Terra daqui alguns anos se não cuidarmos do meio ambiente, onde não teríamos mais como permanecer no planeta. A tentativa de conscientização passa por temas como: destruição da Terra, obesidade, dependência da tecnologia, individualismo

4- Paranorman (Universal Studios): Norman tem o poder de ver e se comunicar com os mortos, algo que pode assustar crianças pequenas, porém para ele é algo corriqueiro; mas isto o faz ser maltratado pelos colegas de escola. Além das temáticas de bullying e forças do além, o filme ainda aborda a questão da homossexualidade.

5- Cegonhas: a história que nunca te contaram (WARNER BROS): a mais recente animação ainda em cartaz nos cinemas, traz a crítica aos pais que trabalham demais e vivem nos meios tecnológicos esquecendo que seus filhos existem, porém tudo isso mascarado com a narrativa de uma criança que quer ter um irmãozinho e manda uma carta a cegonha esperando seu bebê chegar. A crítica social aborda: uso excessivo da tecnologia, relações familiares, encontrar seu papel no mundo, bulliyng.

Quase sempre há preconceito em relação aos filmes com essa “cara infantil”, porém que tal dar uma chance a próxima vez que quiser assistir um filme? Você pode se surpreender com o que descobrirá nas entrelinhas…

(*)Estudante de Comunicação Organizacional da UTFPR

 

**fontes consultadas: http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-120021/

http://www.usp.br/cje/anexos/pierre/apsicanalisefadas.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s