Amizades Tóxicas

TEXTO DE OPINIÃO

Érica Jênifer (*)

Nos últimos anos o feminismo tem ocupado cada vez mais espaço na sociedade. Com o movimento feminista aprendi que não devo deixar que me rebaixem pelo fato de ser mulher, conheci e entendi o significado das palavras “sororidade” e “empoderamento”, encontrei a oportunidade de mudar meu mundo e o de todas as mulheres. Graças a ele também passei a usar a frase “fuja de relacionamentos tóxicos” como um guia na vida, sendo assim capaz de evitar vários possíveis namoros desagradáveis.

Mas não é apenas em um namoro, casamento, ou qualquer tipo de envolvimento amoroso, que acontece de alguém, que deveria fazer bem, fazer mal a você. Percebi isso quando um desentendimento com uma amiga me fez lembrar de uma amizade no início da adolescência, em que me via obrigada a obedecer se me mandavam fazer algo, rir junto quando tiravam sarro de mim, concordar com qualquer coisa que fosse dita, e aceitar se decidiam me excluir de vez em quando.

Essas amizades tóxicas começam por causa da necessidade de não estar sozinho e, nesse caso, a maior dificuldade para escapar de uma situação assim é a falta de apoio. Não se ouve falar sobre essas situações, não existem frases clichês do tipo “existem amigos melhores por aí” ou “eles não te merecem”. E então as situações constrangedoras continuam, sem que a pessoa prejudicada perceba que algo está errado.

Assim como os relacionamentos tóxicos, as amizades tóxicas também trazem más consequências para a saúde mental. Conseguir vencer o medo e alcançar independência sentimental é um processo que pode ser longo e tem como base um ponto que também é fortemente trabalhado pelo feminismo: o amor próprio. Por ele entende-se que é preciso sair da zona de conforto e se colocar em primeiro lugar para superar aquele sentimento que diz ser necessário se submeter a alguém para ser acolhido.

(*) Estudante de Comunicação Organizacional da UTFPR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s