II Batalha das Atléticas inicia hoje com participação de mais de 20 entidades

 

Lucas Ken Yamamoto (*)

Nesta segunda-feira (02/05), teve inicio a II Batalha das Atléticas. O evento, que tem como principal objetivo a promoção da solidariedade, reúne na edição de 2016, a participação de  23 atléticas de nove faculdades diferentes da cidade de Curitiba.

Promovido pela Agência Link, a batalha é uma competição saudável por meio de uma disputa de pontos. O título de campeão fica com a atlética que alcançar a maior somatória de pontos, que são conquistados por via de sete categorias de ações sociais pré-estabelecidas pela agência. São elas: doação de sangue, cadastro de medula óssea, arrecadação de roupas, arrecadação de alimentos, arrecadação de brinquedos, arrecadação de livros/gibis e arrecadação de materiais de higiene pessoal feminina. Estas duas últimas categorias (livros e material de higiene) foram incluídas este ano.

Ao final da competição, cada uma das atléticas escolhe o local para o qual irá fazer a doação do material arrecadado. Isto porque muitas das atléticas já possuem instituições parceiras. Caso não tenha nenhum local especifico, a própria agência Link recolhe e doa ao Pequeno Cotolengo.

Josimar Aguiar, diretor de ações sociais da Associação Acadêmica Atlética de Design e Comunicação (AAADEC) da UTFPR, acredita e apoia o ideal de ação social promovido pelo evento. “Quanto a importância, para mim é. sem dúvida, alavancar o compromisso social na formação universitária. Quando os estudantes se envolvem nestas causas durante o período de formação, levarão por toda vida. Este é o principal papel das atléticas, trabalhar com seus representados a importância do olhar social, dos desportos e da importância das relações pessoais.”

Em 2015, em sua primeira edição, a Batalha das Atléticas contou com uma grande participação e por isso a expectativa para a edição 2016 é ainda maior. “Esse ano com certeza espero que seja melhor. Ano passado, como era a primeira edição, a gente teve vários contratempos. Deu pra ver o que deu certo e o que deu errado. Melhoramos o que deu certo e mudamos o que deu errado, por isso este ano temos mais duas ações sociais inclusas”, diz Daniela Molinari uma das idealizadoras do projeto.

O evento terá duração de vinte dias e se encerrará no dia 22 de maio. As três atléticas que fizerem as maiores pontuações vão levar um troféu. A grande campeã, além do troféu, leva para casa um prêmio surpresa. É importante lembrar que não é preciso fazer parte de nenhuma atlética para doar, o fundamental é o envolvimento e a participação de todos.

(*) Estudante de Comunicação Organizacional da UTFPR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s