COMOBILI instala novos conjuntos de mesas e carteiras nas instituições da UTFPR

Greicieli Machado e Elton Moraes (*)

Novos conjuntos de mesa e cadeira foram instalados nos dois campi da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) em Curitiba (Centro e Ecoville) durante o recesso do mês de março, pela Comissão Imobiliária Institucional (COMOBILI). A iniciativa tem como objetivo restaurar os móveis que anteriormente encontravam-se abandonados e em más condições.

Modelo de carteira produzida na UTFPR - Foto: Greicieli Machado

Modelo de carteira produzida na UTFPR – Foto: Greicieli Machado

Na sede central da UTFPR, um dos novos kits possui mesas reformadas e cadeiras estofadas e bordadas com o logotipo da universidade. Entretanto, no momento estão disponíveis somente para os alunos que estudam no terceiro andar do Bloco Q. “As cadeiras novas são boas para recepcionar os calouros, que veem a faculdade não apenas como antiga, mas como algo que está sempre se renovando”, esclarece Ícaro Odilon, 19, estudante do 2° período de Bacharelado em Comunicação Organizacional.

No mesmo campus, outros 44 conjuntos foram recuperados até dia 27 de fevereiro de 2015, em que as manutenções foram realizadas na sede central. Estando anteriormente no Bloco V, agora passaram à sala C-203. Todas as modificações foram autorizadas pelo diretor de Planejamento e Administração, Carlos Wellington Tenório de Araújo.

Usinados pelo Comando Numérico Computadorizado (CNC), outros 36 conjuntos de carteiras e cadeiras foram restaurados até 19 de novembro de 2014. As mesas, modeladas pelo Departamento Acadêmico de Desenho Industrial (DADIN), receberam novos tampos em MDF com cantos arredondados, sendo instaladas somente nas salas E-202 e E-203 da sede Ecoville.

Segundo o marceneiro Francisco Ferreira dos Santos, responsável pela modelaria do DADIN, esta foi apenas a primeira etapa do projeto, não havendo previsão para a conclusão do mesmo. “Separamos em lotes de 30 conjuntos e a cada 4 horas fazemos 15 cadeiras”, explica Francisco. Além do mais, alunos voluntários também colaboram. “Damos cursos para eles e nesses cursos eles ajudam a restaurar os conjuntos”, afirma.

O projeto teve início em junho de 2014, coordenado pela professora Suzete Nancy Mengatto, que não estava disponível para maiores informações até o fechamento desta matéria.

 

(*) Alunos do CTCOM-UTFPR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s