Notícias de além-mar

Vista de Faro - Foto: Jaqueline Modesto

Vista de Faro – Fotos: Jaqueline Modesto

Jaqueline Modesto (*)

Conhecer pessoas, lugares e diferentes culturas me levaram a Portugal. A mobilidade acadêmica proporcionou uma trilha que contém emoção, desapego, vazio e uma liberdade inigualável aos olhos deslumbrados com a beleza da Europa.

E com esse olhar de jornalista e estudante de tecnologia em Comunicação Institucional da Universidade tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) que vou iniciar uma série de entrevistas ao longo de minha viagem ao descobrimento da Europa e como estudante de comunicação de uma universidade portuguesa.

Quando cheguei a Portugal percebi que o idioma, apesar de ser o mesmo, é diferente. Há momentos em que fico a perceber o idioma, sendo que a palavra perceber é muito utilizada pelos portugueses e que cá estou decidi utilizar certas expressões que inicialmente possuem uma sonoridade inquietante e depois são incluídas no vocabulário normalmente.

A surpresa quando cheguei em Lisboa, além do idioma, foi a perda da mala de viagem, pois como fiz uma conexão em Amsterdã por uma hora somente, a mala ficou por lá por mais tempo.

Precisei me dirigir à cidade de Faro, sul de Portugal, e esperar até minha bagagem ser encontrada. Foram momentos estressantes, porque tive que realizar todos os protocolos, ou seja, fui ao órgão responsável fazer a reclamação e enfrentar uma viagem de trem, que aqui chamam comboio, até a cidade de Faro.

Cansada e desiludida, já com saudades de casa.

Foi desta forma que cheguei à cidade recepcionada pelas minhas novas amigas brasileiras na estação de Faro. Já era noite e fomos direto ao apartamento que foi minha morada por um tempo com as meninas que também cursavam a Universidade do Algarve. Laís e Joana, ambas de Curitiba, foram as pessoas que me mostraram a cidade.

A cidade de Faro

Ao meu olhar uma cidade pitoresca, interessante e que me fez lembrar o Largo da Ordem em Curitiba. A cidade, por ser pequena, pode ser conhecida a pé. Aqui tudo nos leva à Baixa, ou seja, a área central, e se perder é algo inevitável quando não se conhece nada.

Como conselho me disseram que o GPS do celular era meu melhor amigo, e deve estar sempre ligado para me levar com precisão ao destino desejado. Pois desta forma conheci Faro, as lojas estiveram no roteiro, bem como a Vila Adentro, consulado brasileiro, o Mercado Municipal da cidade, a praia, a ilha do Farol, entre outros lugares.

Foram imagens registradas pela câmera fotográfica e pelos meus olhos, que se sentiram atraídos pela natureza e pelos detalhes dos monumentos.

Igreja do Carmo

Igreja do Carmo

A igreja do Carmo encanta com tantos detalhes na estrutura impressionante, e a visita precisa estar no roteiro de quem visita a cidade, mas ainda precisarei conhecer a parte que contempla uma construção com ossos e ficará para uma próxima matéria.

De momento vou instigar os futuros viajantes a passear pelas praias do Algarve, são a cereja do bolo de Portugal, expressa pela palavra “estonteante”, pois foi assim que fiquei a cada praia que conheci e sempre fiquei a contemplar um beleza que jamais pensei que pudesse conhecer.

Comecei pela praia de Faro, que é parecida com a brasileira. Quem conhece as praias de Santa Catarina pode ter uma noção. Mas a areia é diferente, o mar daqui é gelado para o gosto dos brasileiros.

A ilha do Farol foi um passeio que já começou com barco e me trouxe imagens legais para serem postadas no Facebook, uma mania que persiste sempre quando se viaja. Pois a família e amigos esperam pelas imagens. A ilha é muito bonita, com casas com estilos diferentes, cores como o branco e o azul fazem parte da cultura local.

O mar é transparente e manso, ou seja, sem ondas e propicio para mergulhos e com diversão garantida.

A próxima matéria irei comentar sobre o Algarve e garanto ficará impressionado com o lugar pois fiquei simplesmente parada e sem palavras quando cheguei a Lagos. Sobre a universidade será outra surpresa e precisarei contar com detalhes os desafios de uma brasileira.

 

(*) Jornalista, mestranda em Portugal, aluna do CTCOM-UTFPR, correspondente da AG Comunique.

Anúncios

Um comentário sobre “Notícias de além-mar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s