Até 23 de fevereiro é possível conhecer a Alemanha pelo alfabeto

SONY DSC

Gi Nicaretta (*)

É assim a exposição “Alemanha de A a Z”, que acontece no Museu Municipal de Arte – MUMA, em Curitiba. Ela mostra os significados que cada uma das letras possui para os alemães.

A exposição conta com um serviço de monitoria e tem a iniciativa do Goethe-Institut, e todos os monitores têm alguma relação com a língua e conhecimento sobre a Alemanha.

A reportagem da AG Comunique acompanhou o trabalho da monitora Taciane Maria Murmel, 19 anos, estudante de licenciatura em Letras português-alemão pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), que apresentou a exposição a um grupo de alunos de alemão do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (CELEM) do Colégio Estadual do Paraná (CEP) e do Colégio Estadual Pedro Macedo (CEPM).

Para Taciane, a exposição traz muitos visitantes que já têm alguns conhecimentos da língua e da cultura alemã, mas o que mais a surpreende é a interação que o público leigo tem com a exposição.

“Me deixa muito feliz ver que, apesar de ser uma língua tão distante da realidade da maioria, todos conseguem entender, conseguem saber do que se trata, e tentam ler as palavras em alemão”, afirma.

Para ela, o diferencial das letras grandes, a possibilidade de interagir com as letras sozinho e o próprio tamanho da exposição fazem com que ela seja bastante convidativa.

A concepção da exposição é de 2008 pelo Bundeszentrale für politische Bildung e a iniciativa do Goethe-Institut. Já esteve em diversos países, como China, Japão, Indonésia, Finlândia, Alemanha e Brasil.

Faz parte das comemorações do ano 2013- 2014 Alemanha+Brasil Quando ideias se encontram com uma série de eventos pelo Brasil, que podem ser consultados na página eletrônica http://www.alemanha-brasil.org.

Significado

É possível dizer que o significado de cada letra é diferente para cada cultura. Para os alemães, o A vem de Arbeit, que significa trabalho, o J vem de Jugend, que significa juventude, já a letra G de Gemütlichkeit não possui uma tradução, mas tem um significado próximo ao de aconchego.

Para os alemães, o futuro está no Z e se chama Zukunft. Algumas expressões curiosas podem ser conhecidas quando chegamos na letra X de X für ein U vormachen ou seja “X por U – expressões” que mostra onde e como cada expressão surgiu e o significado e a história de sua origem.

A exposição não possui um roteiro específico, tem informações tanto na língua alemã como na língua portuguesa, e os significados das 26 letras podem ser conferido por crianças, adolescente, jovens e adultos de maneira interativa com áudios, gavetas e caixas com imagens e materiais.

Entre as atividades desenvolvidas pela monitoria está a divisão em até cinco grupos. É preciso desembaralhar as letras e responder uma questão sobre o tema, depois há um jogo com imagens para descobrir a palavra que será formada e também um questionário sobre cultura alemã para quem já está mais avançado no estudo do idioma.

Para a professora de alemão do CELEM Elisete Antoniuk, 45 anos, esta é uma excelente oportunidade para os alunos estudantes da língua alemã de se aproximar da cultura de forma interativa e conhecer um pouco mais sobre alguns temas que são importantes na reflexão desse país.

“Eu como professora procuro incentivar sempre essas atividades, visto que não temos esse contato próximo diariamente com a cultura e de forma interativa e monitorada, como está sendo essa exposição”, diz ela.

Segundo a professora, o próprio material fornecido pelo Instituto Goethe e que acompanha a exposição torna mais fácil essa proximidade com os temas abordados. Através de perguntas e gincana, os alunos são motivados a buscar os temas nos diversos painéis apresentados. Os painéis não são somente imagens, mas objetos e também mídia, textos que podem ser folheados e objetos tocáveis.

“Essa é uma nova concepção de divulgar informação, já que vivemos num mundo interativo através da internet. Não somos mais meros observadores, mas partícipes das informações”, afirma Elisete Antoniuk.

A exposição estimula os sentidos como na letra F de Futβall (futebol) em que letra é recoberta por algo que lembra o gramado, há um vídeo que questiona se houve ou não o gol e gavetas mostrando medalhas. Na letra D de Deutsch Sprechen é possível deixar recados na lousa e na letra L de Loreley conta a lenda da bela “Loreley”.

Segundo a monitora Taciane Maria Murmel, o público da exposição em sua maioria são alunos e professores de língua alemã das mais diversas escolas (escolas e/ou cursos de idiomas e escolas bilíngues), pessoas que estão indo viajar para a Alemanha e também curiosos sobre esta cultura.

Serviço

A exposição ALEMANHA DE A a Z  está no Museu Municipal de Arte (MUMA) no Portão Cultural – Av. República Argentina, 3430, em frente ao Terminal do Portão,
pode ser conferida de 3ª feira a domingo, no horário das 10h00 às 19h00. A entrada é gratuita e a exposição fica 23/02/2014.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(*) Aluna do CTCOM-UTFPR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s