Professor da UTFPR fala de trajetória e de prêmio que recebeu de melhor tese

Jaqueline Modesto (*)

Ele conquistou no Brasil e na França o título de doutor e sua pesquisa acadêmica foi escolhida como a melhor tese de doutorado pelo Simpósio Brasileiro de Computação Gráfica e Processamento de Imagens (SIBGRAPI), recentemente. Este é o professor e pesquisador Rodrigo Minetto, que revelou, em entrevista a AG Comunique, sua trajetória, que começou na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e continuou na Université Pierre et Marie Curie (UPMC), na França. Doutor em Ciência da Computação e Engenharia Elétrica, Minetto continua suas pesquisas na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) com alunos da instituição, no Departamento Acadêmico de Informática (DAINF). De maneira descontraída, ele à AG Comunique sobre as linhas de pesquisa que abordou no doutorado, a oportunidade de estar em uma universidade estrangeira e a parceria da Unicamp com a UPMC, que proporcionou contato com pesquisadores de outro país.

Qual o trabalho desenvolvido na pesquisa?

Basicamente, em minha tese de doutorado, eu abordei três problemas de visão computacional: 1) detecção e reconhecimento de objetos de texto planos em imagens de cenas reais; 2) rastreamento destes objetos de texto em vídeos digitais; e 3) o rastreamento de um objeto tridimensional rígido arbitrário com marcas conhecidas em um vídeo digital. Para cada um desses problemas, foram desenvolvidos algoritmos inovadores, que são melhores ou pelo menos tão precisos e robustos quanto outros algoritmos estado-da-arte. Esses algoritmos foram publicados em conferências internacionais qualis A1 e em 2 periódicos internacionais qualis A1. Um desses periódicos tem mais de 40 anos de história, se chama Pattern Recognition, da Elsevier, e é considerado um dos melhores journals em reconhecimento de padrões.

O que o levou a estudar o tema?

A parte principal do meu doutorado, que se refere à detecção, reconhecimento e rastreamento de texto em cenas urbanas começou devido a um projeto da Unicamp com uma universidade francesa chamada Université Pierre et Marie Curie (UPMC). Essa universidade em conjunto com várias outras e com um instituto de geografia da França mapearam vários distritos de Paris. Esse mapeamento consistiu de milhares de imagens em alta resolução com referência GPS no estilo do Google Street View (Site: http://www.itowns.fr/). A minha tarefa nesse sistema era extrair toda informação textual que existe nessas imagens de forma automática. Ou seja, extrair de imagens de cenas urbanas informações como nomes de lojas, nomes de ruas em placas de sinalização, etc., sem a necessidade de anotações humanas. O objetivo era criar um sistema onde o usuário poderia procurar por nome de lojas, nome de produtos, etc., e onde toda essa informação (milhares de dados textuais) fosse gerada de forma automática. O sistema ainda não está aberto ao usuário, mas os algoritmos que eu desenvolvi são utilizados nesse sistema com sucesso para extrair essas informações textuais.

Qual a expectativa inicial ao realizar a tese?

Inicialmente minha tese era sobre algoritmos de rastreamento apenas. No primeiro ano de doutorado surgiu uma oportunidade de ir para França onde fiz um doutorado com duplo diploma, ou seja, sou doutor pela Unicamp e pela UPMC também. Devido a essa parceria que minha tese ficou com 3 partes, uma que comecei no Brasil e outras duas que fiz na França durante um ano e meio. Foi na França que tive a oportunidade de trabalhar nesse sistema para extração automática de informações de imagens.

Qual a importância desse prêmio?

A premiação foi feita pelo Simpósio Brasileiro de Computação Gráfica e Processamento de Imagens (SIBGRAPI), que é o principal evento científico de Imagens do Brasil e talvez da américa latina (qualis B1 na CAPES). Esse evento reúne os melhores pesquisadores do Brasil em imagens, visão computacional e computação gráfica, e também reúne muitos estrangeiros. Ele é patrocinado pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A edição em que ganhei o prêmio, a XXVI (em 2013), foi realizada em Arequipa no Peru, pela primeira vez fora do Brasil. Para participar dessa competição nós escrevemos um artigo sobre a tese, que é publicado e indexado como artigo científico internacional, e que deve ser escrito em inglês. Foram 11 trabalhos selecionados na categoria de doutorado no XXVI SIBGRAPI. A relação consta nessa página: http://www.ucsp.edu.pe/sibgrapi2013/index.php?option=com_content&view=article&id=82&Itemid=503. Quatro professores de prestígio escolheram os melhores trabalhos para a premiação. São eles: Prof. Nelson Mascarenhas (UFSCAR, Brazil), Prof. Daniel Aliaga (Purdue University, USA), Prof. Gabriel Taubin (Brown University, USA), and Prof. Claudio Jung (UFRGS, Brazil). Ao meu ver, a principal importância desse prêmio é o reconhecimento do meu trabalho nesses temas que trabalhei pela comunidade científica do Brasil e também internacional (dado que dois avaliadores são de universidades americanas).

Qual o significado da premiação pelo trabalho desenvolvido?

A premiação com certeza chama mais a atenção para o trabalho que foi desenvolvido, coloca o nome da UTFPR em destaque, pois ela foi apresentada como a instituição onde trabalho no artigo e em minha apresentação, e onde continuo as minhas pesquisas, inclusive trabalhando com alguns alunos sobre esse tema. Eu espero que a premiação maior seja um grande número de citações dos trabalhos que desenvolvi, um deles já possui 13 citações e um publiquei ano passado já tem mais de uma centena de downloads, o que indica uma ampla divulgação do trabalho.

 

O que foi marcante nesse acontecimento?

A parte mais marcante foi receber o certificado de premiação de primeiro lugar em um jantar, em que estavam alguns professores responsáveis pela minha formação e os quais eu sou muito grato e devo muito.

(*) Jornalista, aluna do segundo período do CTCOM-UTFPR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s